Ainda é tempo de pedir o FIES; veja como conseguir

fuvestsegundachamada

O FIES é um financiamento estudantil, a juros baixos (3,4% ao ano), oferecido pelo Governo Federal aos estudantes de faculdades privadas. Em 2015, as regras do programa mudaram, para conseguir financiar seus estudos usando este benefício é importante estar atento aos prazos e aos novos critérios de participação.

Descubra tudo o que você precisa fazer para conseguir financiar sua faculdade com o FIES em 2015!

1. Descubra se a sua faculdade participa do FIES

Um dos requisitos para conseguir o financiamento do FIES é que a universidade onde você estuda seja participante do programa. São milhares de instituições de todo o Brasil que aceitam o FIES. Para descobrir se a sua faculdade participa do FIES, você pode consultar a faculdade diretamente ou:

Acessar o site do FIES. Nos filtros de busca, selecionar os itens: UF (seu Estado), Município, Instituição e Local de Oferta. Clicar em “Pesquisar”.


A partir de 2015, o MEC divulgou que vai priorizar cursos de qualidade e redistribuir as vagas de forma a atender regiões do País que historicamente não conseguem um número adequado de financiamentos.
Na prática, cursos com nota máxima (5) na avaliação do MEC devem ter o chamado “atendimento pleno”, ou seja, todos os estudantes que se encaixarem nas regras do programa e solicitarem o financiamento para cursos com nota 5 devem conseguir o benefício.
Alunos de cursos com notas 3 e 4 também poderão conseguir o FIES, mas o número é limitado. Quanto maior a nota do curso, segundo o MEC, mais vagas do FIES serão concedidas.

2. Saiba se você se encaixa nos critérios do FIES

Agora você precisa descobrir se atende os requisitos do programa. Em 2015 as regras mudaram e pode pedir o FIES o estudante que tiver:

Feito o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), com pelo menos 450 pontos nas provas objetivas e nota maior do que zero na redação (somente para quem se formou no ensino médio a partir de 2010). Renda familiar bruta mensal de no máximo 20 salários mínimos. Comprometimento da renda familiar bruta mensal com os encargos educacionais de pelo menos 20%.

O FIES só pode ser usado uma vez. Sendo assim, estudantes que já foram beneficiados com o financiamento não podem participar novamente do programa.

3. Faça a inscrição pela internet até o dia 30 de abril de 2015

Anteriormente, as inscrições para o FIES podiam ser feitas em qualquer época do ano. A regra mudou e, para conseguir o FIES em 2015, você precisa fazer sua inscrição até o dia 30 de abril.
A inscrição do FIES é gratuita e deve ser feita somente pelo sistema oficial do programa, o SisFIES. Para isso, você deve:

Acessar o site do SisFIES. Em seu primeiro acesso, você deve informar seu número CPF, data de nascimento, um endereço de e-mail válido e cadastrar uma senha para utilizar sempre que acessar o sistema. Checar a caixa de entrada do e-mail que informou na inscrição e clicar no link enviado pelo SisFIES para ativar seu cadastro. Acessar novamente o site do SisFIES e informar seus dados pessoais, dados sobre seu curso e faculdade e preencher todas as informações sobre o financiamento solicitado. Confirmar a inscrição.


Devido à mudança nas regras, o sistema do FIES ficou fora do ar para novas inscrições por um tempo e, assim que voltou a ficar disponível, apresentou uma série de instabilidades. Há relatos de candidatos que não conseguiram digitar seu CPF e a página congelava em determinados passos do processo, entre outros problemas. No entanto, quem insistiu e tentou acessar o site fora dos horários de pico teve sucesso.


4. Valide as informações na faculdade

Assim que confirmar sua inscrição no site do FIES, você tem 10 dias corridos para apresentar a documentação necessária na sua faculdade. O departamento que você deve procurar é a Comissão Permanente de Supervisão e Acompanhamento (CPSA). Toda faculdade participante do FIES tem uma CPSA para apoiar seus alunos no processo.
A CPSA vai validar suas informações e, se estiver tudo certo, vai entregar o Documento de Regularidade de Inscrição (DRI). Você precisará dele para realizar o próximo passo.

5. Contrate o financiamento no banco

São dois os bancos autorizados a fazer o contrato do FIES: Banco do Brasil e Caixa Econômica Federal. Na inscrição, você deve ter selecionado uma agência bancária de um desses dois agentes financeiros para fazer seu financiamento.

Consulte a documentação necessária no site do FIES, reúna todos os documentos e leve ao banco para contratar o seu financiamento.
E fique atento ao prazo: você tem 10 dias corridos, que começam a contar a partir do terceiro dia útil após a validação das informações na faculdade.

Caso perca algum desses prazos, você terá de reiniciar o processo do zero, fazendo novamente a inscrição pela Internet e seguindo os demais passos. Como em 2015 o prazo para se inscrever no FIES vai até o dia 30 de abril, o quanto antes você agilizar sua inscrição, melhor!

6. Pague em dia!

O FIES pode pagar 50%, 75% ou 100% da sua mensalidade. Esse valor vai depender da sua renda familiar e do comprometimento dessa renda com a mensalidade.
Caso consiga o financiamento de 50% ou 75%, precisará pagar o restante da mensalidade na faculdade.
Independentemente do valor financiado, o FIES tem parcelas trimestrais de no máximo R$ 50,00 referentes aos juros do financiamento.

É importante pagar tudo em dia para não perder o benefício.

Você vai pedir o FIES em 2015? Conte para a gente aqui nos comentários!