Ainda sem assinar, Flamengo terá maior cota de TV do Carioca

Rubro-negro deve receber com R$ 21 milhões da cota negociada pela empresa Brax, que representou os interesses da Band

RIO DE JANEIRO, BRAZIL - SEPTEMBER 14: Fans of Flamengo cheer during Copa do Brasil 2022 second-leg semifinal match between Flamengo and Sao Paulo at Maracana Stadium on September 14, 2022 in Rio de Janeiro, Brazil. (Photo by Wagner Meier/Getty Images)
RIO DE JANEIRO, BRAZIL - SEPTEMBER 14: Fans of Flamengo cheer during Copa do Brasil 2022 second-leg semifinal match between Flamengo and Sao Paulo at Maracana Stadium on September 14, 2022 in Rio de Janeiro, Brazil. (Photo by Wagner Meier/Getty Images)

Às vésperas do início do Campeonato Carioca, os clubes ainda não bateram o martelo sobre as contratos de transmissão do torneio. Apesar de ainda nenhum documento ter sido assinado, o Flamengo deverá levar a melhor em relação a valores, seguido pelo Fluminense, segundo o UOL.

O rubro-negro deve receber com R$ 21 milhões da cota negociada pela empresa Brax, que representou os interesses da Band, liderando de longe a lista da grana distribuída aos clubes. O Tricolor carioca terá R$ 14 milhões no bolso, e os clubes considerados pequenos ficarão com R$ 2,5 milhões cada. Já Vasco e Fluminense não chegaram a nenhum acordo com a Brax e vão ficar fora da programação do canal paulista.

Leia também:

Inicialmente, a Brax, que foi escolhida pela Ferj para negociar os termos, ofereceu a princípio valores iguais para os quatro grandes do estado. A quantia, entre R$ 9 e 10 milhões, foi recusada pela dupla Fla-Flu. A Brax, então, aumentou a proposta para o Fla, acima dos R$ 20 milhões, e também passou a negociar à parte com o Fluminense.

A empresa definiu que teria R$ 35 milhões para as duas equipes dividirem, e os clubes discutiram até chegarem ao atual acordo. Vale lembrar que Flamengo e Fluminense são parceiros na gestão do Maracanã. Da cota inicial de R$ 60 milhões, R$ 20 milhões foram divididos para os oito clubes considerados menores, e R$ 6 milhões serão destinados para a produção das imagens para a tv. Dez porcento do valor fica com a Ferj.

Ainda que fechados os termos e, principalmente, os valores, os contratos ainda não foram assinados e alguns detalhes seguem em discussão. O Flamengo, por exemplo, precisa de aval do Conselho Deliberativo para confirmar o contrato. Mesmo assim, a tendência é de que não haja problemas para a transmissão da primeira rodada – a equipe enfrenta o Audax na quinta-feira (12), às 21h30, no Maracanã.