Airbnb cancela reservas em Washington para dias próximos à posse de Biden

·1 minuto de leitura

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A plataforma de aluguéis por temporada Airbnb anunciou nesta quarta (13) que proibirá reservas para Washington nos dias próximos à posse do presidente eleito dos EUA, Joe Biden, em 20 de janeiro. A decisão ocorre depois de as autoridades locais pedirem à população que deixe de comparecer ao evento depois da violenta invasão do Congresso, há uma semana, por apoiadores de Donald Trump. "O Airbnb cancelará todas as reservas na área metropolitana de Washington durante a semana da cerimônia de posse", afirmou a companhia em um comunicado. "Também evitaremos que sejam feitas novas reservas na área de Washington durante esse período." De acordo com as investigações do ataque ao Capitólio que deixou cinco pessoas mortas, alguns dos vândalos que participaram da insurreição haviam se hospedado em locais alugados via Airbnb. Frente à possibilidade de novos protestos por apoiadores de Trump, residentes da capital americana pediram a vizinhos que utilizam o serviço que não aluguem suas prioridades durante a posse de Biden. A prefeita de Washington, Muriel Bowser, também pediu na segunda-feira (11) que as pessoas fiquem em suas casas. "Pedimos a todos os americanos que não venham a Washington para a cerimônia em 20 de janeiro e, em vez disso, participem virtualmente", disse ela. O Airbnb foi fundado há 13 anos em San Francisco e desde então revolucionou a indústria do turismo e de viagens de negócios com seus sistema de aluguéis por demanda.