Ajudar nas tarefas domésticas melhora o desempenho acadêmico de crianças, revela estudo

Exigir que seus filhos participem das tarefas domésticas pode melhorar seu desempenho acadêmico e habilidades de resolução de problemas, de acordo com uma nova pesquisa da Universidade La Trobe. O estudo, publicado na revista Australian Occupational Therapy, descobriu que crianças que ajudam em atividades como fazer comida ou jardinagem, têm melhor função executiva. Isso inclui melhor capacidade de planejamento, autorregulação, alternância entre tarefas e memorização de instruções.

Covid-19: Ômicron não fornece reforço imunológico contra reinfecção, diz estudo

Rica em gordura e pobre em carboidrato: Dieta cetogênica é capaz de aumentar resistência ao estresse

Já teve Covid? Saiba quanto dura a imunidade, o que muda na reinfecção e como estar preparado

Pesquisas anteriores mostraram que envolver as crianças em tarefas apropriadas à idade pode aumentar os sentimentos de autonomia e está associado a melhores comportamentos pró-sociais e maior satisfação com a vida. Entretanto, este é o primeiro estudo a analisar a associação entre tarefas regulares e desenvolvimento cognitivo infantil, particularmente o executivo.

"Pesquisas indicam que pode ser possível melhorar as funções executivas desenvolvendo atividades e rotinas de aprendizado individualizadas", disse Deanna Tepper, principal pesquisadora do estudo, em comunicado.

É exatamente isso que a participação nas tarefas domésticas proporciona. De acordo com a pesquisadora, a maioria dessas tarefas de rotina exige autorregulação, atenção, planejamento e alternância entre tarefas. Tudo isso dá suporte ao desenvolvimento do funcionamento executivo.

Compare: Arroz integral é melhor que o branco? Depende do objetivo da sua dieta

O estudo analisou pais e responsáveis ​​de 207 crianças com idades entre 5 e 13 anos. Em meados de 2020, os pais/responsáveis ​​foram solicitados a preencher questionários sobre o número de tarefas que seus filhos realizavam diariamente e avaliar a função executiva de seus filhos. Os resultados mostraram que o envolvimento das crianças em tarefas de autocuidado, como fazer uma refeição, e tarefas de cuidados familiares, por exemplo, fazer uma refeição para outra pessoa, estavam diretamente associadas a uma melhor memória de trabalho e capacidade de pensar antes de agir.

"Os pais podem usar tarefas apropriadas à idade e às habilidades para facilitar o desenvolvimento das funções executivas. As crianças que cozinham uma refeição em família ou limpam o jardim regularmente podem ser mais propensas a se destacar em outros aspectos da vida - como trabalhos escolares ou resolução de problemas", disse Tepper.

Síndrome de Ménière: Além do padre Fábio de Melo, veja outros cinco famosos que tratam a doença

As funções executivas são comumente definidas como: memória de trabalho; capacidade de monitorar e manipular informações temporárias; inibição (capacidade de pensar antes de agir), capacidade de inibir respostas automáticas ou suprimir informações irrelevantes para se concentrar em uma tarefa; e deslocamento (capacidade de mover o foco entre as tarefas).

"Normalmente, essas habilidades começam a se desenvolver na primeira infância e continuam até o final da adolescência e início da idade adulta", disse Tepper.

De acordo com a pesquisadora, prejuízos ou atrasos no desenvolvimento dessas habilidades podem levar a dificuldades na capacidade de autorregulação, planejamento e resolução de problemas quando adultos, tendo implicações no desempenho em atividades de leitura e matemática. Isso também impacta o desempenho acadêmico geral no final da infância.

O desenvolvimento precoce do funcionamento executivo também tem sido associado a melhor desempenho no ensino superior e à melhoria da saúde física e melhor situação financeira na idade adulta.

Entrevista exclusiva: 'Fiocruz receberá a tecnologia para fabricar remédio profilático para Covid', diz executiva internacional da AstraZeneca

Dicas

É importante exigir que as crianças ajudem, mas também entender suas limitações e tornar a atividade prazerosa. Algumas dicas de como colocar isso em prática são: não exija perfeição; não atrase a realização da tarefa pela criança; elogie e incentive a criança enquanto a tarefa está em andamento; não seja inconsistente nas demandas; dê instruções específicas; comece por etapas: primeiro, mostre-lhes como fazer a tarefa passo a passo. Em seguida, deixe seu filho ajudá-lo a fazê-lo. Em seguida, supervisione e só depois deixe-o fazer sozinho.

Tem namorada? Por que você não deve fazer essa pergunta a uma criança

Tarefas apropriadas por faixa etária

O site especializado WebMD elencou uma série de tarefas domésticas adequadas para cada idade da crianças. Confira abaixo as opções:

Tarefas para crianças de 2 a 3 anos

Guardar os brinquedos;

Colocar comida para o animal de estimação;

Colocar a roupa suja no cesto;

Limpar o que derramou;

Tirar o pó;

Organizar livros e revistas.

Tarefas para crianças de 4 a 5 anos

Todas as opções acima;

Arrumar a própria cama;

Tirar o lixo ;

Buscar a correspondência;

Limpar a mesa;

Tirar as ervas daninhas do jardim;

Usar o aspirador para limpar migalhas;

Molhar as plantas;

Tirar utensílios que não quebram da máquina de lavar louça;

Lavar os pratos de plástico;

Tarefas para crianças de 6 a 7 anos

Todas as tarefas acima;

Separar a roupa para lavar;

Varrer o chão;

Colocar e tirar a mesa;

Ajudar a fazer e servir o almoço;

Manter o quarto arrumado

Tarefas para crianças de 8 a 9 anos

Qualquer uma das tarefas acima;

Colocar a louça na máquina de lavar louça;

Guardar as compras;

Aspirar a casa;

Ajudar a fazer o jantar;

Fazer seus próprios lanches;

Guardar a própria roupa;

Costurar botões;

Fazer o próprio café da manhã;

Descascar legumes;

Cozinhar alimentos simples, como torradas;

Esfregar o chão;

Levar o animal de estimação para passear.

Tarefas para crianças de 10 anos ou mais

Qualquer uma das tarefas acima;

Tirar a louça limpa da máquina de lavar louça;

Dobrar as roupas limpas;

Limpar o banheiro;

Lavar as janelas;

Lavar o carro;

Cozinhar uma refeição simples com supervisão;

Passar roupa;

Lavar roupa;

Cuidar dos irmãos mais novos (desde que haja um adulto na casa);

Limpar a cozinha;

Trocar seus lençóis

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos