Além de Tina, do 'BBB 23', reality já teve outro angolano; relembre

Participante do grupo Pipoca do "BBB 23", a jornalista e modelo Tina, de 29 anos, trocou a Angola pelo Brasil há oito anos. Mas ela não é a primeira angolana a entrar na casa mais vigiada do país. Logo no primeiro "BBB", o cabelereiro Sérgio, que ficou mais conhecido como Serginho, também nasceu no país africano, mas decidiu se mudar para cá.

Quarto colocado do "BBB 1", Serginho formou um dos primeiros casais da história do programa com Vanessa Pascale. Os dois fizeram um dos pares mais queridos e lembrados pelo público do reality de todos os tempos. Os dois tinham química e encantavam nas danças para lá de sensuais. Vanessa, que ficou em segundo lugar no programa, é atriz e recentemente foi vista numa participação na novela “Um lugar ao sol”.

Serginho vive atualmente em São Paulo e trabalha como cabeleireiro.
Hoje, ele é dono de um salão de beleza em São Paulo, onde atende modelos, atrizes e também ex-colegas de confinamento, como a empresária Leka.

Angolano que cresceu na França, Sérgio quase foi deportado na primeira semana do reality. Ao deixar o trabalho em um salão de beleza no Rio para entrar no “BBB 1”, a Polícia Federal entendeu como mudança de emprego, o que não era permitido pelo visto que tinha. Apesar da notificação, o confinado conseguiu assegurar sua permanência até a eliminação