Alívio mundial pelo resgate dos meninos tailandeses

Familiares rezam na área da caverna enquanto operações eram realizadas, em Mae Sai, em 5 de julho de 2018

Líderes mundiais, astros do futebol e um gênio da tecnologia se uniram às reações de alívio e alegria pelo incrível resgate dos adolescentes e de seu técnico de dentro de caverna na Tailândia.

A seguir, algumas dessas reações:

- Presidente dos EUA -

O presidente Donald Trump foi um dos primeiros a felicitar os SEALs da Marinha tailandesa, que lideraram o enorme esforço de resgate internacional no complexo de cavernas Tham Luang, na Tailândia.

"Em nome dos Estados Unidos, felicitações aos SEALs da Marinha tailandesa e a todos pelo bem-sucedido resgate de 12 garotos e seu técnico da perigosa caverna na Tailândia", tuitou Trump. "Que momento bonito - todos livres, ótimo trabalho!", acrescentou.

- Premiê britânica -

"Satisfeita de ver o bem-sucedido resgate dos que estavam presos em cavernas na Tailândia. O mundo estava assistindo e estará celebrando a coragem de todos os envolvidos", tuitou a premiê britânica, Theresa May.

- Elon Musk -

"Grande notícia que eles saíram em segurança. Congratulações a uma notável equipe de resgate!", afirmou o guru da tecnologia Elon Musk, que visitou até o local da caverna e ofereceu o uso do protótipo de um minissubmarino feito de partes de foguete.

No final, o submarino não foi necessário, mas Musk disse mais cedo que iria deixá-lo lá "caso possa ser útil no futuro".

- Mineiros chilenos -

Mario Sepúlveda, um dos 33 mineiros chilenos que ficaram 69 dias debaixo da terra em 2010, comemorou a notícia do resgate dos jovens tailandeses.

"Estou sentindo muita, muita emoção", declarou à AFP.

Há alguns dias, Sepúlveda manifestou sua vontade de viajar à Tailândia para cooperar com os esforços de resgate dos adolescentes.

- FIFA -

A Fifa expressou sua "grande alegria" com o resgate dos meninos e de seu técnico e também manifestou sua "profunda gratidão a todas as pessoas envolvidas na operação de resgate, que infelizmente custou a vida de um dos mergulhadores. Mandamos uma mensagem para sua família".

O presidente da Fifa, Gianni Infantino, havia convidado os meninos para assistirem à final da Copa em uma carta divulgada em 6 de julho. Os médicos afirmaram, porém, que os meninos devem permanecer internados para observação e recuperação.

- Manchester United -

O Manchester United também convidou os "Javalis Selvagens", assim como todos os envolvidos no resgate, a irem à Inglaterra e visitar o clube.

"Nossos pensamentos e orações estão com os afetados. Adoraríamos receber a equipe de futebol Javalis Selvagens e seus socorristas em Old Trafford, na próxima temporada", tuitou o clube.

"Que notícia fantástica que todos os garotos tailandeses tenham saído da caverna em segurança! Gostaria de mandar camisetas para eles", tuitou o jogador inglês Kyle Walker.