Ala política procurou André Esteves em busca de nomes para substituir Guedes, diz o próprio ministro

·1 min de leitura

BRASÍLIA — O ministro da Economia, Paulo Guedes, disse nesta sexta-feira que integrantes da ala política do governo Jair Bolsonaro procuraram o dono do banco BTG, André Esteves, para buscar nomes para o substituir.

A declaração de Guedes foi feita após um ato falho. O ministro anunciava que o seu assessor Esteves Colagno assumirá a secretaria do Tesouro e Orçamento do ministério. Nesse momento, afirmou que o “André Esteves” assumiria a função.

Ao se corrigir, disse que integrantes da ala política do governo procuraram André Esteves em busca de nomes para o substituir. Entre esses nomes, disse Guedes, estava Mansueto Almeida, ex-secretário do Tesouro Nacional.

— Teve uma ala política que teve indo lá no André Esteves do BTG perguntando se dava para emprestar o Mansueto. Sei que o presidente não pediu isso. Sei que muita gente da ala política andou oferecendo o nome lá e fez pescaria — disse, ao lado de Bolsonaro.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos