Alberto Fernández diz que brasileiros vêm da selva e argentinos da Europa

·1 minuto de leitura
O presidente argentino, Alberto Fernández, em coletiva conjunta com o presidente do governo espanhol, Pedro Sánchez, 9 de junho de 2021 em Buenos Aires

Coincidindo com a visita do presidente do governo espanhol, Pedro Sánchez, o presidente argentino, Alberto Fernández afirmou nesta quarta-feira (9) que os mexicanos vêm de indígenas, brasileiros da selva e argentinos da Europa, declarações pelas quais pediu desculpas.

"Eu sou um europeísta. Sou alguém que acredita na Europa. Porque Octavio Paz escreveu uma vez que os mexicanos vieram dos índios, os brasileiros vieram da selva, mas nós argentinos viemos dos navios, eram navios que vinham de lá, da Europa. E é assim que construímos nossa sociedade”, afirmou Fernández em encontro com Sánchez e empresários na Casa Rosada, sede da presidência argentina.

Poucas horas depois, Fernández se desculpou no Twitter: “Na primeira metade do século XX, recebemos mais de 5 milhões de imigrantes que conviveram com nossos povos nativos. Nossa diversidade é motivo de orgulho”.

“Eu não queria ofender ninguém, em qualquer caso, que se sentiu ofendido ou invisível, desde agora minhas desculpas”, continuou o presidente argentino na rede social.

O vídeo com a polêmica declaração já havia se tornado viral, com fortes reações negativas inclusive no Brasil.

Depois de ler as declarações de Fernández, "comecei a entender melhor por que, depois da Segunda Guerra Mundial, os criminosos de guerra nazistas se esconderam na Argentina", respondeu o senador Ciro Nogueira (PP-PI) no Twitter.

nn-al/yow/am

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos