Alckmin anuncia Boulos para Cidades e nomes para outras 6 áreas de transição; veja lista

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O vice-presidente eleito Geraldo Alckmin (PSB) anunciou nesta segunda-feira (14) o deputado eleito Guilherme Boulos (PSOL-SP), líder do MTST (Movimento dos Trabalhadores Sem-Teto), para o grupo técnico que coordenará questões relacionadas a cidades na transição do governo federal.

Boulos integra a lista com outros dez nomes, como Márcio França, ex-governador de São Paulo, e João Campos, prefeito de Recife (PE) —ambos do PSB. O grupo será responsável por estudar o atual cenário do governo em áreas como habitação, saneamento e infraestrutura urbana.

Os outros especialistas da equipe são Ermínia Maricato, ex-secretária municipal de São Paulo; a mestre em urbanismo Evanise Lopes Rodrigues; Maria Fernanda Ramos Coelho, membro do Consórcio Nordeste; Inês Magalhães, ex-ministra das Cidades; Geraldo Magela, ex-deputado federal; José Di Filippi, prefeito de prefeito Diadema (SP); Rodrigo Neves, ex-prefeito de Niterói; e Nabil Bonduki, professor da FAU-USP e colunista da Folha de S.Paulo.

Coordenador da equipe de transição, Alckmin divulgou outros cinco grupos técnicos e um subgrupo da área de direitos humanos (veja lista completa abaixo). Ele se limitou a divulgar os nomes, respondendo a poucas perguntas de jornalistas.

Entre os anúncios desta segunda estão os 14 integrantes da equipe na área de educação. A equipe inclui representantes de movimentos sociais, fundações ligadas à educação e ex-gestores e será coordenada pelo ex-ministro Henrique Paim, atualmente na FGV.

Outro grupo divulgado foi o de esporte, que terá ex-atletas como Ana Moser, do vôlei, e Raí, do futebol.

Juventude, Infraestrutura, Cultura e um subgrupo do setor de direitos humanos, voltado para a infância e que será transversal, foram as outras áreas lançadas no dia pela equipe de transição.

Os integrantes da equipe de saúde serão divulgados na quarta-feira (16).

A transição é regulamentada por uma lei aprovada em 2002 e um decreto editado em 2010. Ela tem início com a proclamação do resultado da eleição e se encerra com a posse do novo presidente.

É nessa etapa que a equipe do presidente eleito obtém informações detalhadas sobre a situação das contas públicas, dos programas e projetos do governo federal, bem como do funcionamento dos órgãos.

O grupo de transição é formado por 50 pessoas que serão nomeadas em cargo comissionado e mais uma série de colaboradores, que atuarão como voluntários, sem receber salário.

VoltarImprimirTamanho do textoPauta do dia

Código: 2069151

Data do Conteúdo: 14/11/2022

Inclusão no Site: 14/11/2022 18:28:00

Serviço/Categoria: Serviço Noticioso / Cotidiano, SNG Online / Cotidiano

Avisos: SÓ PODE SER PUBLICADO COM ASSINATURA

Download

LULA-CIDADES

Alckmin anuncia Boulos para Cidades e nomes para outras 6 áreas de transição; veja lista

PAULA SOPRANA

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O vice-presidente eleito Geraldo Alckmin (PSB) anunciou nesta segunda-feira (14) o deputado eleito Guilherme Boulos (PSOL-SP), líder do MTST (Movimento dos Trabalhadores Sem-Teto), para o grupo técnico que coordenará questões relacionadas a cidades na transição do governo federal.

Boulos integra a lista com outros dez nomes, como Márcio França, ex-governador de São Paulo, e João Campos, prefeito de Recife (PE) –ambos do PSB. O grupo será responsável por estudar o atual cenário do governo em áreas como habitação, saneamento e infraestrutura urbana.

Os outros especialistas da equipe são Ermínia Maricato, ex-secretária municipal de São Paulo; a mestre em urbanismo Evanise Lopes Rodrigues; Maria Fernanda Ramos Coelho, membro do Consórcio Nordeste; Inês Magalhães, ex-ministra das Cidades; Geraldo Magela, ex-deputado federal; José Di Filippi, prefeito de prefeito Diadema (SP); Rodrigo Neves, ex-prefeito de Niterói; e Nabil Bonduki, professor da FAU-USP e colunista do jornal Folha de S.Paulo.

Coordenador da equipe de transição, Alckmin divulgou outros cinco grupos técnicos e um subgrupo da área de direitos humanos (veja lista completa abaixo). Ele se limitou a divulgar os nomes, respondendo a poucas perguntas de jornalistas.

Entre os anúncios desta segunda estão os 14 integrantes da equipe na área de educação. A equipe inclui representantes de movimentos sociais, fundações ligadas à educação e ex-gestores e será coordenada pelo ex-ministro Henrique Paim, atualmente na FGV.

Outro grupo divulgado foi o de esporte, que terá ex-atletas como Ana Moser, do vôlei, e Raí, do futebol.

Juventude, Infraestrutura, Cultura e um subgrupo do setor de direitos humanos, voltado para a infância e que será transversal, foram as outras áreas lançadas no dia pela equipe de transição.

Os integrantes da equipe de saúde serão divulgados na quarta-feira (16).

A transição é regulamentada por uma lei aprovada em 2002 e um decreto editado em 2010. Ela tem início com a proclamação do resultado da eleição e se encerra com a posse do novo presidente.

É nessa etapa que a equipe do presidente eleito obtém informações detalhadas sobre a situação das contas públicas, dos programas e projetos do governo federal, bem como do funcionamento dos órgãos.

O grupo de transição é formado por 50 pessoas que serão nomeadas em cargo comissionado e mais uma série de colaboradores, que atuarão como voluntários, sem receber salário.

*

Os nomes da equipe de transição divulgados nesta segunda (14)

EDUCAÇÃO

1 - Andressa Pelanda, coordenadora-geral da Campanha Nacional pelo Direito à Educação

2 - Alexandre Schneider, ex-secretário municipal de Educação de São Paulo

3 - Binho Marques, ex-governador do Acre

4 - Cláudio Alex, presidente do Conselho Nacional dos Institutos Federais e reitor do Instituto Federal do Pará

5 - Heleno Araújo, presidente da Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação

6 - Henrique Paim, ex-ministro da Educação

7 - Macaé Evaristo, ex-secretária municipal de Belo Horizonte e deputada estadual eleita

8 - Maria Alice Setúbal, presidente do Conselho Consultivo da Fundação Tide Setubal

9 - Paulo Gabriel, ex-reitor da Universidade Federal do Recôncavo Baiano e presidente do Conselho Estadual de Educação da Bahia

10 - Priscila Cruz, presidente executiva do Todos pela Educação

11 - Ricardo Marcelo Fonseca, presidente da Andifes e reitor da Universidade Federal do Paraná

12 - Rosa Neide, ex-secretária de Estado da Educação do Mato Grosso e deputada federal

13 - Teresa Leitão, professora, ex-deputada estadual e senadora eleita por Pernambuco

14 - Veveu Arruda, ex-prefeito de Sobral (CE)

ESPORTE

1 - Ana Moser, ex-atleta do vôlei

2 - Edinho Silva, prefeito de Araraquara

3 - Isabel Salgado, ex-atleta do Vôlei, pioneira no vôlei de praia

4 - José Luís Ferraresi, foi gestor de Esporte em São Bernardo do Campo (SP)

5 - Marta Sobral, ex-atleta do basquete, medalha de prata no Panamericano

6 - Mizael Conrado, advogado, presidente do Comitê Paralímpico Brasileiro e bicampeão paralímpico de futebol de 5

7 - Nádia Campeão, ex-vice-prefeita de São Paulo

8 - Raí Souza Vieira de Oliveira, tetracampeão Mundial (1994) e Brasileiro de futebol

9 - Verônica Silva Hipólito, atleta paralímpica, prata nos Jogos Rio 2016

INFRAESTRUTURA

1 - Alexandre Silveira, senador por Minas Gerais

2 - Gabriel Galípolo, economista, ex-presidente Banco Fator, pesquisador do Centro Brasileiro de Relações Internacionais (Cebri)

3 - Maurício Muniz, ex-ministro da Secretaria de Portos da Presidência da República

4 - Miriam Belchior, ex-ministra do Planejamento e ex-presidente da Caixa Econômica Federal

5 - Paulo Pimenta, deputado federal (RS)

6 - Vinícios Marques, ex-presidente do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade)

7 - Fernanda Batista, secretária de Infraestrutura (PE)

8 - Marcos Cavalcanti, secretário de Infraestrutura (BA)

JUVENTUDE

1 - Bruna Chaves, presidente da UNE (União Nacional dos Estudantes)

2 - Gabriel Medeiros de Miranda, subsecretário de Juventude do Rio Grande do Norte, ex-diretor de Universidades Públicas da UNE

3 - Jilberlandio Miranda Santana, presidente da União da Juventude Socialista do Espírito Santo

4 - Kelly dos Santos Araújo, secretária-geral da Juventude do PT

5 - Marcus Barão, membro da Juventude do MDB e ex-vice-presidente do Conselho Nacional da Juventude

6 - Nádia Beatriz Martins Garcia Pereira, secretária Nacional de Juventude do PT

7 - Nilson Florentino Júnior, secretário Nacional Adjunto da Juventude do PT

8 - Tiago Augusto Morbach, presidente Nacional da União da Juventude Socialista (UJS)

9 - Sabrina Santos, membro da União dos Moradores de Heliópolis (UNAS)

CIDADES

1 - Ermínia Maricato, arquiteta e urbanista

2 - Evanise Lopes Rodrigues, mestra em Urbanismo e ex-chefe de Gabinete da Secretaria de Programas Urbanos do Ministério das Cidades

3 - Maria Fernanda Ramos Coelho, ex-presidente da Caixa e membro do Consórcio Nordeste

4 - Inês Magalhães, ex-ministra das Cidades

5 - Geraldo Magela, ex-secretário de Habitação do DF

6 - Guilherme Boulos, deputado Federal eleito por São Paulo

7 - José De Filippi Jr, prefeito de Diadema (SP)

8 - Márcio França, ex-governador de São Paulo

9 - Rodrigo Neves, ex-prefeito de Niterói (RJ)

10 - João Campos, prefeito do Recife (PE)

11 - Nabil Bonduki, urbanista e professor da FAU-USP e colunista da Folha de S.Paulo

CULTURA

1 - Antônio Marinho, músico e Poeta de Pernambuco

2 - Áurea Carolina, deputada federal

3 - Juca Ferreira, ex-ministro da Cultura

4 - Lucélia Santos, atriz e ex-candidata a deputada federal pelo PSB-RJ

5 - Márcio Tavares, Secretário Nacional de Cultura do PT

6 - Margareth Menezes, cantora

DIREITOS HUMANOS/SUBGRUPO DE CULTURA

1 - Ariel de Castro Alves, advogado, membro do Instituto Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente

2 - Maria Luiza Moura Oliveira psicóloga, ex-presidente do Conanda (Goiás)

3 - Welington Pereira da Silva, teólogo, pastor metodista, ex-conselheiro do Conanda (Brasília)

4 - Isabela Henriques, advogada, presidente da Comissão da Criança e do Adolescente da OAB-SP