Alckmin se reúne com conselho político de transição para tratar de disparada de casos de Covid-19 no Brasil

O vice-presidente eleito Geraldo Alckmin (PSB) se reúne com Conselho Político da Transição na manhã desta quarta-feira para tratar, entre outros assuntos, da dispara dos casos de covid-19 no Brasil.

Alckmin tem sido aconselhado a criar um gabinete de crise na transição para cuidar especificamente do assunto. Internamente, o assunto começou a ser tratado na noite de segunda-feira pela cúpula da transição. Um dos objetivos é demonstrar a preocupação do governo eleito com uma nova onda do vírus e incentivar a população a ter cuidados preventivos e aplicar as doses de reforço da vacina.

Também deverá ser discutido a obrigatoriedade do uso de máscaras no Centro Cultural do Banco do Brasil (CCBB), sede do governo de transição em Brasília.

As discussões devem contar com a participação dos líderes dos partidos dos partidos aliados ao governo eleito. O grupo também irá tratar do andamento da "PEC da Transição" no Congresso.

Nessa terça-feira, o Brasil registrou159 mortes por Covid-19, elevando para 689.223 o total de vidas perdidas no país para o coronavírus. Já a média móvel foi de 65 óbitos. O número registrado é 43% maior que cálculo de duas semanas atrás, o que demonstra tendência de alta. Nove estados não registraram mortes nas últimas 24 horas.

Os dados são do consórcio formado por O GLOBO, Extra, G1, Folha de S.Paulo, UOL e O Estado de S. Paulo e reúne informações das secretarias estaduais de Saúde divulgadas diariamente até as 20h. A iniciativa dos veículos da mídia foi criada a partir de inconsistências nos dados apresentados pelo Ministério da Saúde.