Alckmin vai buscar contato com campanhas de Ciro e Tebet

PT, intermediado por Alckmin, quer pacto de “não agressão” com Ciro e aderir a propostas de Tebet na candidatura de Lula. (Foto: REUTERS/Ueslei Marcelino)
PT, intermediado por Alckmin, quer pacto de “não agressão” com Ciro e aderir a propostas de Tebet na candidatura de Lula. (Foto: REUTERS/Ueslei Marcelino)

O ex-governador de São Paulo (SP) e atual candidato à vice-Presidência pelo PSB, Geraldo Alckmin, recebeu da equipe de campanha do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), com quem compõe chapa, a missão de recriar a ponte de diálogo com as candidaturas de Ciro Gomes (PDT) e Simone Tebet (MDB).

A relação havia sido desfeita quando Lula investiu pela retirada da candidatura da emedebista à Presidência. A estratégia visava resolver a disputa ainda no primeiro turno, com vitória para o petista. As informações são do blog de Gerson Camarotti, do portal G1.

A tentativa afastou as três campanhas e agora Alckmin terá que reaproximar os candidatos. O ex-governador tem uma boa relação com Ciro Gomes e interlocução com o MDB de Tebet.

Segundo o colunista, será oferecida a Ciro Gomes um “pacto de não agressão”, com apoio à candidatura pedetista no Ceará.

No estado que é berço político de Ciro, o PT e o PDT mantinham aliança vitoriosa há quase duas décadas, mas romperam em julho deste ano e lançaram candidaturas distintas ao governo.

Veja como foram as últimas pesquisas eleitorais de 2022:

A proposta agora seria Lula sinalizar apoio a Roberto Cláudio, candidato de Ciro no estado, em um eventual segundo turno da disputa.

Já Tebet receberá da campanha de Lula um gesto de reconhecimento da importância da candidatura da emedebista e uma proposta de incorporar propostas da candidata ao plano de governo petista.

Estratégia semelhante foi utilizada pelo ex-presidente com André Janones, deputado federal que chegou a lançar candidatura ao Palácio do Planalto pelo Avante. Depois de conversar com Lula, o parlamentar anunciou oficialmente que ia se retirar da disputa para que suas propostas fossem levadas adiante pela chapa do PT e PSB