Alckmin vota em SP e diz confiar em respeito ao resultado da eleição

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O ex-governador Geraldo Alckmin (PSB) votou por volta do meio dia deste domingo (30) no colégio Santo Américo, próximo ao estádio do Morumbi, na capital paulista.

Candidato a vice-presidente na chapa de Luiz Inácio Lula da Silva (PT), Alckmin acompanhou o petista nesta manhã em São Bernardo do Campo, região do ABC Paulista.

Depois, veio votar em São Paulo acompanhado pela esposa, Lu Alckmin, e pelo filho Geraldo Alckmin Neto.

"Vamos aguardar [o resultado da eleição]. Agora é humildade e respeito ao eleitor e à eleitora", afirmou o candidato em entrevista à imprensa após votar e tirar fotos com eleitores.

"É o momento de respeitar o eleitor, aguardar o pronunciamento da Justiça Eleitoral e cumpri-lo."

Questionado sobre o episódio envolvendo a deputada Carla Zambelli (PL), que apontou uma arma para um eleitor neste sábado (29), ele afirmou que o incidente é lamentável e disse não esperar outros episódios de violência neste segundo turno. "Não é dando tiro que deve se fazer o processo político. E a lei é para todos. Não se pode estar armado neste momento."

O candidato a vice destacou ainda a grande quantidade de eleitores que participaram de uma passeata neste sábado na avenida Paulista, com a presença dele e de Lula.

O candidato deve passar a tarde com a família e se encontrar novamente com Lula no final do dia, em um hotel na região da avenida Paulista.