Alec Baldwin é processado pela família de Halyna Hutchins por morte no set de "Rust"

Alec Baldwin como Robert Henderson em
Alec Baldwin como Robert Henderson em "Dr Death". Foto: Barbara Nitke/Peacock/NBCU via Getty Images

Resumo da notícia:

  • Alec Baldwin é processado pela família de Halyna Hutchins por morte no set de "Rust"

  • Ação alega que comportamento imprudente e corte de custos levaram à tragédia.

  • Ator voltou às atividades no set na primeira semana de fevereiro para gravar "97 Minutos"

Alec Baldwin está enfrentando um processo movido pela família da diretora de fotografia Halyna Hutchins, que morreu vítima de um tiro acidental no set do filme "Rust", contra o ator e membros da equipe da produção. De acordo com o The Guardian, a ação acusa que comportamento imprudente e corte de custos levaram à tragédia.

Os produtores Ryan Smith, Allen Cheney, Nathan Klingher, Ryan Winterstern, Anjul Nigam, Matthew DelPiano e Emily Salveson, além dos integrantes da equipe Sarah Zachry, Dave Halls, Hannah Gutierrez Reed, Gabrielle Pickle e Seth Kenney viraram réus do processo junto com o ator que disparou a arma que atingiu a cineasta.

"Estamos acostumados com pessoas vindo de fora para brincar de caubói que não sabem usar armas. Você não entrega uma arma a alguém até que você dê treinamento de segurança…Ninguém deveria morrer com uma arma de verdade em um set de filmagem de faz de conta," declarou o advogado Randi McGinn.

Na primeira semana de fevereiro, Baldwin publicou um vídeo nas redes sociais em que relatou a sensação de voltar ao trabalho em "97 Minutos", um filme de desastre aéreo de baixo orçamento.

"É estranho estar de volta. Eu não trabalho desde 21 de outubro do ano passado, quando essa coisa horrível aconteceu no set desse filme e tivemos a morte acidental de nossa diretora de fotografia, Halyna Hutchins", disse ele no Instagram.

Sobre o caso

O ator Alec Baldwin baleou acidentalmente Hutchins, diretora de fotografia do filme "Rust", e Joel Souza, o diretor do filme, ficou ferido durante gravações no Rancho Bonanza Creek, instalação de produção ao sul de Santa Fé, no último dia 21 de outubro.

De acordo com e-mail do sindicato de funcionários enviado à Variety, o disparo que matou a cinegrafista Halyna Hutchins e feriu o diretor Joel Souza de forma acidental era um "tiro único" de arma de fogo e não de bala de festim.

A produção do filme está suspensa por "período indeterminado", disseram vários veículos de notícias citando a produtora, Rust Movie Productions LLC.

Ouça o Pod Assistir, podcast de filmes e séries do Yahoo:

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.