Além de Stranger Things: relembre produções que resgataram músicas antigas de sucesso

Imagens de
Imagens de "Pequena Miss Sunshine" e "La Casa de Papel" além de "Stranger Things". Foto: Divulgação/Fox Film do Brasil/Netflix

Resumo da notícia:

  • "Stranger Things" alavancou o clássico “Running Up That Hill”, de Kate Bush

  • Canção voltou a fazer sucesso 37 anos depois do lançamento pela nova temporada da série

  • Reunimos outras canções que voltaram ao topo por conta de produções

Não dá para negar que a quarta temporada de "Stranger Things" foi marcada por uma canção específica, que voltou a fazer sucesso 37 anos após o lançamento. Intitulada “Running Up That Hill”, a canção de Kate Bush, que é a favorita da personagem Max, vivida por Sadie Sink, toca em vários momentos importantes da nova fase da série e isso alavancou o single nas paradas de streaming fora da trama.

Além de render o primeiro Top 10 da carreira de Kate Bush, a faixa alcançou o primeiro lugar no Itunes Global e Spotify Global e se tornou a primeira música do século passado a entrar no topo do ranking da plataforma no Brasil. No entanto, essa não é a primeira vez que uma canção do passado é alavancada por fazer parte de uma dramaturgia. Relembre outras produções que resgataram músicas antigas de sucesso:

"La Casa de Papel" com "Bella Ciao"

Marca registrada de "La Casa da Papel", a faixa italiana "Bella Ciao" surgiu no século XIX como protesto de camponesas italianas por conta das péssimas condições de trabalho e acabou virando um hino de resistência da comunidade do país contra o fascismo.

Muitos anos depois, a canção ganhou o mundo e ficou extremamente popular por ser cantadas pelos personagens da trama de crime espanhola. O sucesso foi tanto que a música até ganhou versão em funk no Brasil.

"Uma Linda Mulher" com "Pretty Woman"

Lançada em 1964, a clássica canção de Roy Orbison chegou a vender 7 milhões de cópias e levar a carreira do músico ao auge, mas foi 26 anos depois que a música se tornou inesquecível.

Pouco mais de um ano depois da morte do cantor, a música virou tema do longa "Uma Linda Mulher", de 1990, estrelado por Julia Roberts, que tornou a personagem e a melodia imortais.

"Glee" com "Don’t Stop Believin"

Antes do TikTok chegar com a reciclagem de clássicos da indústria da música, a série "Glee" já reproduzia grandes canções com regravações icônicas do elenco. Dentre tantas performances, “Don’t Stop Believin”, lançada pela banda Journey em 1981, ganhou destaque.

Com a produção, a faixa chegou ao quarto lugar na parada da Billboard e foi uma das interpretações mais aclamadas do coral dos estudantes de McKinley.

"Pequena Miss Sunshine" com "Super Freak"

Originalmente lançada por Rick James em 1981, a faixa "Super Freak" ganhou uma versão do rapper MC Hammer em 1990 como base para “U Can’t Touch This”. Mas foi na versão original que a música voltou ao ouvidos do público com força pelo sucesso do filme "Pequena Miss Sunshine", em 2006. Na famosa cena que eternizou a faixa, a pequena Olive solta o rebolado ao som do clássico da década de 1980.

Ouça o Pod Assistir, podcast de filmes e séries do Yahoo:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos