Alemanha alivia restrições para viajantes do Reino Unido e outros países

·1 minuto de leitura
Turistas no aeroporto de Frankfurt

BERLIM (Reuters) - O principal instituto de saúde pública da Alemanha anunciou nesta segunda-feira que Reino Unido, Índia, Portugal e Rússia não são mais "áreas de preocupação com variantes" e reduziu as restrições de viagens para pessoas que chegam desses países.

Todos os quatro países foram rebaixados para "áreas de alta incidência", afirmou o Instituto Robert Koch, o que significa que seus cidadãos agora podem viajar para a Alemanha e após a chegada cumprir um período de quarentena de 10 dias.

O período de quarentena pode ser encurtado para cinco dias se for apresentado um teste negativo para a Covid-19.

"Se você passou um tempo em uma área de alta incidência antes de sua entrada, o teste relevante pode não ser conduzido antes de cinco dias após a chegada", disse o instituto em seu website.

Antes da mudança de classificação, os viajantes dos quatro países foram proibidos de entrar na Alemanha a não ser que fossem residentes, e neste caso precisavam fazer quarentena de 14 dias após a chegada no país.

As decisões, que entram em vigor a partir de quarta-feira, chegam após a chanceler Angela Merkel afirmar na sexta-feira que os britânicos que tomaram as duas doses da vacina poderiam em breve viajar para a Alemanha sem ter de cumprir quarentena na chegada.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos