Alemanha autoriza entrega de tanques Leopard para Ucrânia

De acordo com o porta-voz, a Alemanha entregará 14 tanques Leopard 2A6 à Ucrânia e permitirá aos países europeus, que assim desejarem, fornecer a Kiev os veículos blindados em seu poder.

Alemanha enviará tanques à Ucrânia (AFP)
Alemanha enviará tanques à Ucrânia (AFP)

A Alemanha autorizou a entrega de tanques Leopard 2 para a Ucrânia — anunciou o porta-voz do governo alemão, Seffen Hebestreit, em um comunicado divulgado nesta quarta-feira (25).

De acordo com o porta-voz, a Alemanha entregará 14 tanques Leopard 2A6 à Ucrânia e permitirá aos países europeus, que assim desejarem, fornecer a Kiev os veículos blindados em seu poder.

O modelo 2A6 é o mais recente e aperfeiçoado do que os 2A4 que Polônia e Finlândia querem entregar.

"O objetivo é reunir, rapidamente, dois batalhões de tanques com o Leopard 2 para a Ucrânia", disse o porta-voz, após a reunião do conselho de ministro realizada nesta quarta.

O treinamento das forças ucranianas no uso desses tanques "começará em breve na Alemanha", acrescentou Hebestreit.

O pacote acordado após intensas negociações com os aliados da Ucrânia inclui apoio logístico, munição e manutenção desses tanques de combate.

"Esta decisão está de acordo com nossa linha, que consiste em apoiar a Ucrânia com todas as nossas capacidades. Agimos de maneira estreitamente coordenada e concertada em nível internacional", disse o chanceler alemão, Olaf Scholz, em um comunicado.

O primeiro-ministro conservador britânico, Rishi Sunak, saudou nesta quarta-feira a entrega dos tanques pela Alemanha, chamando-a de "decisão certa dos aliados e amigos da Otan".

"Juntamente com os britânicos Challenger 2", os tanques alemães "reforçarão o poder de fogo defensivo da Ucrânia" contra a invasão russa, afirmou no Twitter.