Alemanha deve apoiar Ucrânia sem colocar em risco sua própria segurança, diz ministro

·1 min de leitura
Christian Lindner participa virtualmente de evento de partido em Berlim

BERLIM (Reuters) - A Alemanha deve fazer tudo o que estiver ao seu alcance para ajudar a Ucrânia a vencer a guerra contra a Rússia, mas sem colocar em risco sua própria segurança e a capacidade de defesa da Otan, disse o ministro da Economia alemão, Christian Lindner, neste sábado.

"Devemos fazer tudo ao nosso alcance para ajudar a Ucrânia a vencer, mas o limite da responsabilidade ética é colocar em risco nossa própria segurança e a capacidade de defesa do território da Otan", disse Lindner em discurso em conferência de partido em Berlim.

"Mas o que é possível... deve ser feito de forma pragmática e rápida, junto com nossos parceiros europeus", disse ele.

Lindner disse ser a favor de apoiar a Ucrânia com armas pesadas, mas que a Alemanha não deve se tornar parte da guerra.

"A Ucrânia precisa de apoio militar e, para ser vitoriosa, também precisa de armas pesadas", acrescentou Lindner.

(Por Riham Alkousaa e Alexander Ratz)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos