Alemanha diz que fornecerá sistema de defesa aérea à Ucrânia em dias

BERLIM (Reuters) - A Alemanha entregará o primeiro de quatro sistemas avançados de defesa aérea IRIS-T à Ucrânia nos próximos dias para ajudar a evitar ataques de drones, disse a ministra da Defesa, Christine Lambrecht, durante uma visita não anunciada a Odessa no sábado.

Enquanto as sirenes de ataque aéreo soavam na cidade portuária, Lambrecht conversou com seu colega ucraniano Oleksii Reznikov em um bunker subterrâneo. Lambrecht estendeu uma visita à vizinha Moldávia para a reunião.

"Em poucos dias, entregaremos o moderno sistema de defesa aérea IRIS-T", disse ela à televisão ARD. “É muito importante particularmente para a defesa de drones”.

A Ucrânia tem visto mais ataques de drones kamikaze de fabricação iraniana nas últimas semanas, custando vidas e causando sérios danos à infraestrutura.

Surgiu pela primeira vez em maio que Berlim estava considerando enviar o sistema de defesa terra-ar IRIS-T, que custa 150 milhões de euros (147 milhões de dólares) cada.

As próprias forças armadas alemãs não possuem atualmente o sistema, considerado um dos mais avançados do mundo.

(Por Thomas Escritt e Sabine Siebold)