Alemanha facilita entrada de brasileiros no país a partir do próximo domingo (19)

·1 minuto de leitura
Photo Taken In Germany, Berlin
Novas medidas foram anunciadas no dia 17 de setembro e começam a valer no dia 19 de setembro (Foto: Getty Images)
  • Brasileiros poderão entrar na Alemanha com qualquer uma das vacinas disponíveis no Brasil

  • Viajantes do Brasil também podem apresentar teste negativo para entrar no país

  • Medidas passam a valer a partir do próximo domingo (19)

A Alemanha vai facilitar a entrada de brasileiros no país a partir do próximo domingo (19). Até então, só poderiam entrar pessoas vacinadas com imunizantes aceitos pela União Europeia, isto é, Pfizer, AstraZeneca, Moderna e Janssen.

Segundo anúncio feito nesta sexta-feira (17), agora, brasileiros imunizados com a CoronaVac ou qualquer outra vacina, e também pessoas que não terminaram a imunização poderão visitar o país. Esses passageiros não vão precisar de quarentena, mas tem de apresentar um teste negativo para a coivd-19 ou um comprovante de que já tiveram a doença e se recuperaram.

Leia também

A mudança acontece porque o Brasil deixou de ser considerado um país de “alto risco” pelo governo da Alemanha. Índia e África do Sul também saíram da lista.

O governo alemão tinha tirado o Brasil da lista de países com alta circulação de variantes de preocupação em agosto. Até as novas medidas desta sexta, estavam dispensados da quarentena quem estivesse vacinado com as vacinas aprovadas pelo bloco europeu.

Outros países europeus que estão flexibilizando a entrada de brasileiros são Suíça, Croácia e Espanha – nestes locais, podem entrar passageiros vacinados com qualquer imunizante dado no Brasil. Na França, podem entrar brasileiros que receberam vacinas aprovadas pela União Europeia.

As viagens de brasileiros a Portugal estão permitidas mesmo para pessoas que não estão vacinadas contra a covid-19.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos