Alemanha pede à UE ajuda para conter fluxo de migrantes de Belarus

·1 min de leitura
Migrantes na fronteira entre a Polônia e Belarus, na região de Grodno, em 8 de novembro de 2021 (AFP/Leonid Shcheglov)

A Alemanha pediu nesta terça-feira (segunda, 8, em Brasília) à União Europeia que "tome medidas" para ajudar a conter o fluxo de migrantes que cruzam ilegalmente para a Polônia vindos de Belarus.

"Nem a Polônia nem a Alemanha podem enfrentar isso sozinhas", disse o ministro do Interior alemão, Horst Seehofer, ao jornal Bild.

"Temos que ajudar o governo polonês a proteger sua fronteira externa. Isso deve ser assunto da Comissão Europeia. Peço que ajam", declarou.

Nesta segunda-feira, a Polônia disse que repeliu uma tentativa de centenas de migrantes de entrar ilegalmente em seu território a partir de Belarus.

Varsóvia alertou que milhares de outros estavam a caminho e que futuras tentativas de cruzar sua fronteira poderiam ser "de natureza armada".

Seehofer afirmou que apoiava a decisão da Polônia de construir um muro na fronteira.

"Não podemos criticá-los (...) por proteger as fronteiras externas da UE", disse Seehofer ao Bild. "Não usando armas de fogo, é claro, mas com outros meios que estão disponíveis."

mfp/pbr/meb/dga/ic

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos