Alemanha planeja dar “passo qualitativo” em entrega de armas à Ucrânia, diz imprensa

Veículo militar alemão em base de Rukla, na Lituânia

Por Markus Wacket e Christian Kraemer

(Reuters) - OSLO/BERLIN, Jan 5 (Reuters) - A Alemanha está planejando dar um “passo qualitativo” em sua entrega de armas à Ucrânia, informou a imprensa alemã nesta quinta-feira, com um jornal dizendo que esse passo pode envolver o fornecimento de veículos de combate Marder para enfrentar as forças russas.

A notícia foi publicada depois da decisão da França de enviar veículos de combate blindados AMX-10 RC à Ucrânia, o que gerou novos pedidos dentro da coalizão do chanceler alemão Olaf Scholz para que Berlim enviasse mais veículos de combate modernos a Kiev.

O presidente ucraniano, Volodymyr Zelenskiy, cobrou na quarta-feira que aliados ocidentais forneçam seu Exército com tanques e armas pesadas para combater as forças russas.

Ele agradeceu a França pelos veículos, dizendo que outros aliados deveriam tomar isso como um sinal e que “não há um motivo racional para a Ucrânia ainda não ter recebido tanques ocidentais”.

A medida da Alemanha pode envolver a entrega de veículos de combate Marder, segundo o jornal Sueddeutsche Zeitung, citando fontes do governo. A decisão teria sido tomada em coordenação próxima com Estados Unidos e França.

O Sueddeutsche Zeitung citou fontes do governo dizendo que a Alemanha levaria seu apoio militar à Ucrânia um novo patamar. Haverá um “passo qualitativo”, as fontes disseram, segundo a reportagem.

Um porta-voz do governo não respondeu aos pedidos por comentário em um primeiro momento. O ministério da Defesa disse que a avaliação da exportação de armas à Ucrânia é responsabilidade da chancelaria.