Alemanha revela detalhes sobre grupo que planeava golpe de Estado

Alemanha revela detalhes sobre grupo que planeava golpe de Estado

A detenção de 25 pessoas que preparavam um golpe de Estado na Alemanha provocou ondas de choque em todo o país e chamou a atenção para a ameaça à ordem democrática. Os detidos estão ligados ao movimento "Cidadãos do Império", que rejeita a legalidade da República Federal da Alemanha, está armado e pronto para usar a violência para tomar o poder.

O grupo é conhecido pelas ideias racistas e pela afinidade com várias teorias da conspiração, por exemplo, que o país é secretamente governado pelos Aliados desde a queda do regime nazi.

De acordo com um relatório dos serviços de informação, publicado em junho, há cerca de 21 mil pessoas ligadas ao movimento e desde novembro de 2021 que se realizavam reuniões secretas para preparar o golpe.

Peter Frank, Procurador-Geral da Alemanha, revela que "já tinham pessoas escolhidas para assumir cargos ministeriais, incluindo um antigo membro parlamentar para a pasta da Justiça. Além deste conselho para planear um novo estado e uma nova estrutura estatal, existe também, tanto quanto sabemos, um braço militar."

A operação policial contra este grupo não se limitou à Alemanha, tendo sido também detidas duas pessoas na Áustria e Itália. Apesar do sucesso da operação, nem por isso a ameaça desapareceu. Afinal de contas, o grupo foi descoberto por acaso, na sequência de uma investigação a outro grupo dentro do movimento "Cidadãos do Império" que planeava um rapto do ministro do Interior.