Alerj aprova projeto de lei que autoriza alterações no Orçamento 2020 para revisar remunerações

A proposta é de autoria dos deputados Luiz Paulo (PSDB), Eliomar Coelho (PSol), Flávio Serafini (PSol) e Waldeck Carneiro (PT).

A Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj) aprovou na noite de quarta-feira (dia 18) o projeto de lei 1885/20, de autoria dos deputados Luiz Paulo (PSDB), Eliomar Coelho (PSol), Flávio Serafini (PSol) e Waldeck Carneiro (PT), que autoriza o governo do estado a promover alterações no Orçamento de 2020 para permitir a revisão das remunerações dos servidores estaduais, que não têm reajuste há cinco anos.

O texto ainda precisa ser analisado pelo governador Wilson Witzel, que terá 15 dias úteis para sancionar ou vetar seu conteúdo. A medida foi incluída em pauta como parte de um acordo feito durante a votação de vetos à Lei Orçamentária Anual (LOA) de 2020, ocorrida no último dia 10. Um artigo incluído na LOA pelos parlamentares previa a revisão geral dos salários, mas acabou vetado pelo governador Wilson Witzel e o veto foi mantido pela Alerj.

Envie denúncias, informações, vídeos e imagens para o WhatsApp do Extra (21 99644 1263)