Alerj aprova reajuste no auxílio-alimentação do Inea todo mês de janeiro

Servidores do Instituto Estadual do Ambiente (Inea) poderão ter reajuste no auxílio alimentação. É o que define projeto de lei aprovado na Assembleia Legislativa do Rio (Alerj) nesta terça-feira (dia 31). O texto autoriza o Poder Executivo a atualizar o valor do benefício a cada mês de janeiro, com base na inflação acumulada nos 12 meses anteriores.

O autor do projeto, o deputado Carlos Minc (PSB), aponta que o valor diário de R$ 8,13 não tem aumento desde a criação do benefício, em março de 2008. Segundo os cálculos do parlamentar, deveria passar para R$ 18,03 ao dia — recomposição de 121,75%.

"Considerando a inflação e o aumento dos custos dos alimentos desde o ano de 2008, é notório que o valor desse Auxílio se encontra muito defasado, não atendendo o custeio das despesas de alimentação diária dos servidores do INEA", aponta no texto.

O projeto agora segue para a sanção do governador Cláudio Castro (PL).

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos