Alexandre de Moraes toma posse como ministro substituto no TSE

André Richter - Repórter da Agência Brasil

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes tomou posse hoje (25) na vaga de substituto no Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Moraes ficará na vaga aberta após a morte de Teori Zavascki, falecido em janeiro em um acidente de avião. Os magistrados substitutos atuam somente na ausência dos efetivos de seu respectivo tribunal.

Moraes chegou ao TSE por meio de uma votação simbólica feita pelo Supremo, órgão responsável pela nomeação. O ministro seria o próximo a assumir o cargo no tribunal eleitoral por ser o membro mais novo no STF que ainda não ocupou a vaga. Ele tomou posse na Corte em 22 de março.

O TSE é formado por sete ministros efetivos: três oriundos do STF (Gilmar Mendes, Rosa Weber e Luiz Fux), dois do Superior Tribunal de Justiça (Herman Benjamin e Napoleão Nunes Maia Filho) e dois da advocacia (Admar Gonzaga e Tarcísio Vieira). Na cadeira do Supremo, além de Moraes, também são substitutos os ministros Edson Fachin e Luís Roberto Barroso.