Alexandre Silveira pode ser o nome do PSD a integrar governo Lula

BRASÍLIA, DF (FOLHAPRESS) - Caso o PSD embarque no governo do presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva (PT), petistas veem com bons olhos o senador Alexandre Silveira (PSD-MG) para ocupar um cargo na Esplanada.

Ele é secretário-geral do partido e se empenhou para barrar a virada de Jair Bolsonaro (PL) em Minas Gerais, onde a diferença foi de apenas 49,6 mil votos. Além disso, é aliado próximo do presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), cuja recondução deve ser apoiada pelo petista.

Internamente, fala-se no Ministério das Cidades, que poderia ser recriado para abrigar os aliados. Na gestão da ex-presidente Dilma Rousseff, o presidente do PSD, Gilberto Kassab, ocupou este mesmo cargo.

Se Kassab quiser a vaga, ele tem a preferência. Mas a expectativa no PT é que ele prefira integrar o Governo de São Paulo e investir no governador eleito Tarcísio de Freitas (Republicanos), para consolidá-lo como um nome nacional. Em entrevista ao jornal Folha de S.Paulo nesta quinta-feira (3), Kassab disse que trabalhará para ele ser "o melhor governador de São Paulo e, no futuro, presidente".