Aliado de Ciro, Rodrigo Neves participa de ato no Rio em apoio à candidatura de Lula

O pré-candidato do PDT ao governo do Rio, Rodrigo Neves, aliado de Ciro Gomes, participou nesta segunda-feira de ato de apoio à candidatura do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, no Rio. No evento — organizado por líderes políticos e movimentos sociais com a presença do vice-presidente do PT, Washington Quaquá — foi lançado o "manifesto popular Lula presidente - Rodrigo governador"

Impasse: candidatura de Molon ao Senado divide movimentos de artistas e intelectuais

Campanha: Delegado da PF que investigou facção criminosa coordenará segurança de Lula

Perguntado sobre estar no palanque de Lula, Rodrigo Neves reforçou que o candidato de seu partido é Ciro Gomes, mas que pretende continuar a cumprir agendas com participantes de outras legendas que apoiam sua candidatura.

— Tenho o apoio de lideranças do PT, PSB, PCdoB e do PV de dezenas de cidades, pessoas representativas. É evidente que eu estarei com essas pessoas nas ruas fazendo campanha. Eu acredito que isso será muito importante para o Rio de Janeiro — diz Neves.

Neves garante que manterá o apoio a Ciro Gomes, mas que tem feito seus atos pensando na unidade e no diálogo no campo da democracia para que, na eleição de outubro, o "Rio possa virar essa página triste que é a onda bolsonarista junto do Brasil". E aproveita para criticar Marcelo Freixo, pré-candidato do PSB ao governo, da chapa do PT de Lula ao Rio.

— Não se faz isso só com discurso. Eu tenho respeito ao deputado Freixo, mas, durante os oito anos do governo Lula, o Freixo foi oposição. Ele não tem experiência de boa gestão e, evidentemente, nós não daríamos o carro, ainda mais em uma estrada esburacada como é o Rio de Janeiro, a uma pessoa que nunca dirigiu na vida. O Rio é o maior desafio de governança e gestão dos 27 estados da federação. Eu não tenho dúvida de que a população vai eleger quem pode resolver os problemas concretos.

Segundo o manifesto, esta eleição será diferente: não será uma eleição de ódio como em 2018, mas "de sobrevivência".

"É uma eleição em que as pessoas querem líderes com experiência, que já provaram que sabem governar e que têm compromisso com o povo. Uma eleição para Rodrigo Neves e para Lula. Eles formam a alternativa capaz de tirar o Estado do Rio da triste realidade em que vivemos", diz o manifesto.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos