Aline Campos e Jesus Luz enganam os fãs para fazer publi: "Não é maldade"

Jesus Luz e Aline Campos estão namorando (Foto: Ygor Marques)
Jesus Luz e Aline Campos estão namorando (Foto: Ygor Marques)

Aline Campos e Jesus Luz fizeram uma pegadinha de mau gosto com os fãs nesta quarta-feira (9). O casal publicou uma sequência de fotos de um momento de intimidade, com os olhos marejados, e escreveram na legenda a seguinte frase: "Nosso filho está vindo". Os seguidores logo começaram a desejar felicidades, mas tudo não passou de uma estratégia para chamar atenção para uma publicidade.

Nesta quinta-feira (10), Aline e Jesus publicaram um vídeo no qual anunciam um produto e aproveitam para desmentir a postagem anterior. "Não, gente. Não é o filho que vocês estavam imaginando", iniciou Aline. "Que maldade! De quem foi a ideia?", comentou Jesus, entregando que a postagem partiu da amada.

Aos risos, Aline tentou se explicar. "Não é maldade, não tem nada melhor que isso que a gente vai apresentar para vocês", disparou, chamando o produto de "filho". Nos comentários, alguns fãs se mostraram decepcionados com o casal.

"Acho isso tão ridículo, querer engajamento com algo importante", disse uma seguidora. "Não tem noção do que significa um filho para chamar qualquer produto de filho", afirmou outra. "Vou parar de seguir os dois. Perderam a noção em busca de atenção", disparou uma terceira.

A história do casal

Aline e Jesus confirmaram o relacionamento em junho deste ano. Inicialmente, os dois foram muito criticados por engatar um namoro pouco tempo após o divórcio do modelo, ainda mais levando em consideração que a bailarina seria amiga da ex em questão.

No entanto, durante uma participação no programa “Foi Mau”, da RedeTV!, ela se defendeu das acusações: “Nunca fui ‘talarica’ e ela nunca foi minha amiga. Eu sempre a respeitei muito, mas era amiga do Jesus e por causa dele eu a conheci e convivi com ela em algumas situações. Olhava para ele como amigo, ele me olhava como amiga, e foi assim por vários anos”, começou.

“Foi a primeira vez que eu vi o Jesus solteiro e tive a oportunidade de enxergá-lo de outra forma. A partir daí, desculpa, mas não tem tempo. Para mim, tempo é relativo”, concluiu.