Alma Negrot: A beleza está nos olhos de quem vê

RYOT Studio Brasil
Alma Negrot levanta a bandeira da maquiagem como uma arte sem gênero.

Mas e se eu sair na rua assim, o que vão pensar?

Assim como a beleza de cada um se expressa de forma única, a interpretação pelo olhar dos outros é também individual. Quando este olhar está impregnado por modelos estáticos do que é bonito, do que é feminino e do que é masculino, a maquiagem é entendida como um mero artifício para deixar as mulheres mais bonitas, mas quando usada por homens, assume sua natureza transgressora e é capaz de transformar o que é a beleza.

No quinto e último episódio de "Eu Sou Bonita" Rafael Jacques faz da maquiagem o instrumento para dar vida a Alma Negrot e manifestar sua arte e sua história. A transformação proporcionada pela história de Alma e Rafael nos mostra que a beleza não está apenas nos olhos de quem vê mas também na manifestação da verdadeira essência de cada indivíduo.

Assista ao vídeo:

Leia mais histórias e relatos sobre beleza.

"Eu Sou Bonita" é uma websérie sobre beleza, diversidade e ressignificação feita em parceria com Avon, Think Eva, RYOT e HuffPost Brasil.

Dividida em 5 episódios, a produção traz à tona reflexões sobre os cenários que minam a autoestima da mulher, o valor da pluralidade estética e a beleza que existe em cada uma das brasileiras.

Nessa websérie sobre o que é belo na mulher do século 21, são elas que dão a resposta ao contar suas histórias — tanto em frente quanto atrás das câmeras.Eu Sou Bonita? é dirigido por Luiza de Andrade, tem roteiro de Luísa Guanabara e produção-executiva de Nádia Yacoub.

LEIA MAIS:

Continue a ler no HuffPost