Alugada por Marília Mendonça, aeronave que caiu em MG apresenta situação regular e autorização para fazer táxi aéreo

·1 min de leitura

RIO — A aeronave de pequeno porte que caiu, na tarde desta sexta-feira, na serra de Caratinga (MG), estava em situação regular e tinha autorização para circulação de Taxi aéreo, segundo a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac). 

O acidente causou comoção em todo país por ter envolvido a cantora Marília Mendonça, que tinha agenda de shows em Minas Gerais neste fim de semana. Desde que foi noticiado, fãs demonstram preocupação com mensagens deixadas nas redes sociais da artista.

Leia Mais:

De acordo com as primeiras informações, o bimotor Beech Aircraft, da PEC Táxi Aéreo, prefixo PT-ONJ, com capacidade para seis passageiros, transportava outras duas pessoas. O Corpo de Bombeiros realiza o resgate. Ainda não há informação sobre o estado de saúde das vítimas.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos