Aluna de medicina da USP que aplicou golpe fez 9 saques de dinheiro vivo

Ela é investigada pelo crime de apropriação indébita de R$ 920 mil, desviado do fundo de formatura

Golpe de aluna da medicina da USP está sendo investigado pela polícia (Reprodução)
Golpe de aluna da medicina da USP está sendo investigado pela polícia (Reprodução)

A aluna do curso de medicina da USP Alicia Dudy Müller Veiga, 25 fez ao menos nove saques do dinheiro que desviou da formatura de seu curso. Ela prestou depoimento na tarde desta quinta-feira (19) no 16º Distrito Policial, no bairro do Ipiranga, em São Paulo (leia mais sobre quem é a suspeita aqui)

Ela é investigada pelo crime de apropriação indébita de R$ 920 mil, desviado do fundo de formatura de sua turma na faculdade por meio de nove saques. A pena pelo crime é de quatro anos de reclusão.

A informação dos saques é do delegado Guilherme Azevedo, do 16º DP, que conduz a investigação junto à delegada Zuleika Gonçalves. Às 15h40 desta quinta, o depoimento ainda estava em andamento.

Em quais datas foram feitos os saques?

Veja o que mostra a investigação:

  1. Nov.2021: R$ 604 mil

  2. Jun.2022: R$ 144 mil

  3. Jun.2022: R$ 3.000

  4. Ago.2022: R$ 60 mil

  5. Set.2022: R$ 24 mil

  6. Out.2022: R$ 24 mil

  7. Nov.2022: R$ 2.800

  8. Nov.2022: R$ 27 mil

  9. Dez.2022: R$ 20 mil

Para onde o dinheiro era transferido?

O dinheiro foi transferido para ao menos três contas pessoais de Alicia. O delegado disse que entrou com pedido de quebra de sigilo bancário para verificar todas as contas que ela possui no Brasil.

O que diz a empresa que organiza a formatura?

De acordo com a empresa Às Formatura, o presidente da comissão tinha permissão de movimentar o dinheiro. Os alunos da Faculdade de Medicina haviam elaborado um estatuto que previa que movimentações acima de R$ 10 mil precisariam da assinatura do presidente ou vice-presidente junto aos dois tesoureiros, mas o documento não foi formalizado em cartório, nem comunicado à empresa.

O que a acusada alega?

Alicia se defende das acusações afirmando que foi vítima de um golpe da corretora de investimentos Sentinel Bank.

  • O Sentinel Bank é uma corretora de investimentos, que prometia a seus clientes um retorno de 6,4% através de investimentos na bolsa de valores. No entanto, a empresa financeira acumula uma série de reclamações de seus clientes nos portais digitais, e está sob investigação da Polícia Federal.

Leia mais sobre o Sentinel Bank aqui.

Como ela utilizou o dinheiro?

A aluna da USP que deu um golpe de quase R$ 1 milhão nos colegas do curso de Medicina utilizou o dinheiro para fazer apostas em uma casa lotérica.

Foi o que apontou a investigação policial a respeito de apostas feitas e não pagas por Alicia Dudy Muller no ano passado.

Leia mais sobre a aplicação do dinheiro aqui.

Recebimento de Auxílio e golpe em lotérica

Além da suspeita de aplicar golpe em alunos de Medicina da USP, a estudante de medicina da Universidade de São Paulo Alicia Dudy Muller Veiga, de 25 anos, é alvo de um pedido de indenização por danos materiais de uma lotérica da Zona Sul de São Paulo.

Ela teria causado prejuízo de R$ 192,9 mil ao estabelecimento em apostas não pagas em 2022. Por conta disso, a polícia pediu a quebra do sigilo bancário da aluna.

Leia tudo sobre essas acusações aqui.