Aluno esfaqueia funcionária de escola estadual na zona leste de SP

·1 min de leitura

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Um adolescente de 14 anos esfaqueou uma funcionária da Escola Estadual Maria de Lourdes Vieira, no Jardim Helena, na zona leste da capital, na tarde desta terça-feira (23).

Segundo da Secretaria da Segurança Pública, a vítima é uma agente escolar, de 44 anos, que não teve o nome informado.

Atingida no braço esquerdo, ela foi levada ao Hospital Tide Setúbal, também na zona leste, onde segue internada. Seu estado de saúde não foi informado.

"O fato ocorreu na porta, fora da escola, e o objeto utilizado pertencia ao aluno. Por ser um ambiente onde não circulam alunos e professores, as aulas seguiram presencialmente", afirmou a Secretaria de Estado da Educação, em nota.

Ainda segundo a pasta da educação, a diretoria da Escola Estadual Maria de Lourdes Vieira convocou os responsáveis pelo estudante envolvido e os acompanhou até a delegacia.

O caso foi registrado no 63º DP, que fica na Vila Jacuí, e o jovem encaminhado à Fundação Casa por tentativa de homicídio.

De acordo com a pasta, o caso foi registrado no Placon, sistema do Programa Conviva, que tem como principal objetivo monitorar a rotina das escolas da rede estadual.

O fato também está sendo acompanhado de perto pelo Gispec (Gabinete Integrado de Segurança e Proteção Escolar), que conta com servidores da Educação e da Polícia Militar.

A secretaria diz ainda que equipe gestora da escola e a Diretoria Regional de Ensino Leste 2 "seguem à disposição da comunidade escolar para mais esclarecimentos" e completa dizendo que "lamenta o fato ocorrido e reforça o repúdio a qualquer forma de violência dentro e fora da escola".

A SSP não informou o que teria motivado o adolescente a realizar o ataque contra a funcionária da escola.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos