Alunos marcham e empunham armas falsas em escola em Goiás

Secretaria de Educação de Goiás afirmou não ter autorizado atividade militar com réplicas de armas em escola estadual (Foto: Reprodução/TV Anhanguera)
Secretaria de Educação de Goiás afirmou não ter autorizado atividade militar com réplicas de armas em escola estadual (Foto: Reprodução/TV Anhanguera)

Um vídeo mostra seis crianças fazendo atividades militares em uma escola na cidade de Padre Bernardo, em Goiás. Nas imagens, revelada pela TV Anhanguera, é possível ver os meninos empunhando réplicas de armas, enquanto marcham.

Na gravação, as crianças seguem as ordens de um instrutor, que usa uma farda militar. O homem manda as crianças trocarem de lugar, dar meia volta e marcharem. Tudo é feito enquanto os meninos seguram armas falsas.

À emissora, a prefeitura de Padre Bernardo informou que o vídeo foi gravado no Colégio Estadual Santa Bárbara, mas a administração municipal diz que não foi informada de que as atividades com alunos tinham sido iniciadas, nem mesmo quais práticas seriam ensinadas.

Ao mesmo tempo, a prefeitura declarou que o instrutor que aparece nas imagens esteve no gabinete do prefeito para pedir apoio para executar o projeto de Guarda Mirim. O pedido foi que o homem apresentasse um plano de trabalho, o que não ocorreu.

Já a Secretaria de Estado da Educação de Goiás afirmou que o projeto não teve autorização de implementação em unidade escolar da rede pública estadual. A pasta disse que está tomando as medidas administrativas cabíveis.