Alvo de europeus, Endrick diz que não tem um clube favorito

Endrick atuou em seis jogos do Palmeiras na reta final do Campeonato Brasileiro. Foto: Alexandre Schneider/Getty Images
Endrick atuou em seis jogos do Palmeiras na reta final do Campeonato Brasileiro. Foto: Alexandre Schneider/Getty Images

Endrick é a joia brasileira que os grandes da Europa seguem e que o Real Madrid tem como grande objetivo, além de ser o mais bem colocado, à frente do PSG, que também segue os passos do jovem revelado pela base do Palmeiras.

Após a conquista do título brasileiro, seu primeiro como profissional, o jovem brasileiro concedeu entrevista ao portal francês So Foot para deixar claro que ainda não escolheu um destino e fala sobre seus ídolos e começou falando do seu estilo de jogo.

Leia também:

"Sou alguém que nunca desiste, que vai em frente com suas ações, que se projeta rapidamente para o gol e é habilidoso na frente. Mas o que eu gostaria que as pessoas soubessem de mim é que eu não desisto, é minha marca, essa raiva de vencer, dou tudo para vencer quando estou em campo", contou.

Na hora de falar de jogadores que o inspiram, Endrick falou de jogadores de diferentes nacionalidades e gerações.

"Eu diria que Ronaldo Fenômeno e Cristiano Ronaldo, são jogadores que têm qualidades com as quais me identifico, já os vi jogar muito. Gosto da velocidade, da potência, de como passam pelas defesas e depois da atitude vencedora. O que eu tento tirar deles é a compostura dele na área, usando isso para marcar ainda mais gols", analisou.

Apesar de muito jovem, o palmeirense falou sobre seu futuro e os sonhos que espera realizar na carreira de jogador de futebol.

"Tenho muitos sonhos. Depois fica difícil te responder com certeza, sei que o que me espera está nas mãos de Deus. Tudo o que me acontecer vai ser bom se eu continuar no caminho certo, então hoje foco no Palmeiras, o presente. Olho para o que está acontecendo na Europa, sei que quero jogar nas grandes competições: Liga dos Campeões, Copa do Mundo, Libertadores. O que quero na minha vida é ser campeão, o que está ao meu alcance hoje é o campeonato brasileiro e a Libertadores", projetou.

Quando questionado pelo veículo francês sobre Neymar e o Paris Saint-Germain, ele falou que o time parisiense é um dos que gosta de ver jogar.

"Neymar é um jogador que eu gosto muito! Gosto de ver o PSG, Mbappé é muito forte, Messi, Marquinhos, jogadores de classe. Como eu disse, adoro vê-los para me inspirar", finalizou.