Alvo do Flamengo, time português vê investidores atrasarem R$ 20 milhões e pondera futuro

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·3 min de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Jogadores do Tondela comemoram gol contra o Benfica em agosto de 2021. Foto: Valter Gouveia/NurPhoto via Getty Images
Jogadores do Tondela comemoram gol contra o Benfica em agosto de 2021. Foto: Valter Gouveia/NurPhoto via Getty Images

De Lisboa

Com a expectativa de fechar a compra de um clube em Portugal até o fim do ano, o Flamengo trabalha com o Tondela como o seu principal alvo. E o rubro-negro carioca pode tirar proveito de uma situação que gera alguma preocupação entre os portugueses: em 2018, 80% do capital de sua SAD (sociedade anônima desportiva) foi vendida ao ex-jogador espanhol David Belenguer, porém, até agora o clube recebeu apenas 50% do valor acordado de 6,2 milhões de euros (R$40 milhões na cotação atual).

Na altura, o negócio envolveu o repasse dos direitos econômicos dos jogadores, dos seus direitos televisivos e também de um dos ônibus do time.

Leia também:

Segundo apurado pelo Yahoo Brasil, a dívida foi motivo de discussão interna na aprovação das contas da última temporada, em julho. Na ocasião, o presidente do Tondela, Gilberto Coimbra, admitiu que as coisas não têm corrido como previsto, mas ressaltou que a equipe está protegida e espera receber o montante restante na íntegra.

Perguntado pela reportagem se essa pendência poderia facilitar a entrada de novos investidores como o Flamengo no clube, Coimbra não descartou essa possibilidade, embora tenha pregado a cautela.

“Em princípio, essa dúvida (sobre o efeito da dívida no futuro) é uma realidade. Mas, por agora, não há nada a fazer”, afirmou o dirigente, em breve contato.

Com uma estrutura simples, o Tondela deu início à construção de um centro de treinamento para a base, mas viu as obras serem interrompidas após alteração no projeto original e o prazo das licenças vencer. Belenguer, inclusive, prega que o pagamento da metade da grana que deve ao clube se dará com essa estrutura e não propriamente com a transferência do dinheiro que falta para o seu caixa.

Para assegurar a sua posição como sócio majoritário do Tondela, o ex-atleta de clubes como Bétis e Getafe teve que vencer a concorrência de outros interessados como o luso-brasileiro Deco. Sem sucesso, o famoso agente, que hoje trabalha com nomes como Raphinha e Fabinho, acabou direcionando os seus esforços para a Oliveirense, da terceira divisão.

As conversas entre Flamengo e Tondela são capitaneadas pelo vice de finanças dos cariocas, Rodrigo Tostes, e não acarretariam em custo para o rubro-negro. Outras empresas atuam na captação de investidores para o negócio que serviria para colocar atletas em uma vitrine na Europa e, assim, lucrar com eventuais transferências. De quebra, pela exposição de sua marca, o Fla teria direito a um percentual na SAD portuguesa.

Mesmo com um dos orçamentos mais baixos da Liga NOS, o Tondela tem desafiado os prognósticos do país e se mantido na elite local desde o seu acesso em 2015. Na temporada passada, o time viu o atacante espanhol Mario González brilhar e encerrar o campeonato como quarto melhor marcador, com 15 gols. Ele foi negociado com o Braga na janela europeia de verão.

Nos últimos anos, a equipe conseguiu emplacar, inclusive, um jogador na seleção portuguesa, o goleiro Cláudio Ramos, agora no Porto.

Por ser praticamente o único representante do centro de Portugal na primeira divisão, o Tondela costuma enfrentar dificuldades no mercado para atrair jogadores que aceitem viver em uma região pacata e com menos recursos que a grande Lisboa e Porto.

A melhor classificação do clube até hoje foi o 11º lugar na temporada 2017-18, o que dá uma ideia dos desafios que o Flamengo terá eventualmente pela frente em seu projeto europeu.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos