Alvo do São Paulo, Marcelo Grohe pode ficar livre em janeiro

Marcelo Grohe tem sido monitorado pelo São Paulo há meses (Arquivo pessoal) (Arquivo pessoal)

Boa notícia para a torcida do São Paulo que sonha com um novo goleiro: Marcelo Grohe pode estar desempregado na virada do ano. Antigo sonho da diretoria são-paulina, Grohe conta com uma brecha para deixar o Al Ittihad antes do fim do contrato, que se encerra em junho de 2023.

É que o ex-gremista não recebe salários há mais do que três meses e já pode até entrar na Fifa pedindo a rescisão do contrato. O Blog procurou Bruno Junqueira, agente de Grohe, para perguntar sobre a inadimplência, mas o empresário não quis comentar o assunto.

Leia também:

Não é a primeira vez que o Al Ittihad atrasa salários. Romarinho, um dos astros da equipe, chegou a ameaçar abandonar o clube meses atrás devido aos problemas financeiros.

Uma fonte são-paulina garante que o goleiro tem sido acompanhado de perto há meses. Diretor-executivo de futebol do Tricolor, Rui Costa sempre foi um admirador de Grohe - eles trabalharam juntos no Grêmio e criaram uma relação bastante próxima.

Presidente do São Paulo, Julio Casares não descarta contratar um goleiro para 2023, apesar de o clube ter três atletas para a posição: Felipe Alves, Jandrei e Thiago Couto.