Alvo de jingle que viralizou, Paulo Barreto perde em Pendências (RN)

JOÃO PEDRO PITOMBO
·1 minuto de leitura

SALVADOR, BA (FOLHAPRESS) - Alvo de um jingle apócrifo que viralizou na eleição municipal deste ano, o candidato Paulo Barreto (PT) ficou em segundo lugar na disputa pela prefeitura de pendências. Com 89% das urnas apuradas, o candidato da situação Flaudivan (MDB) registrou 55% dos votos e está matematicamente eleito. Paulo Barreto (PT) teve 25% dos votos e ficou à frente de Van da Serraria (PCdoB), que ficou com 16%. Em ritmo de axé, o jingle apócrifo tem uma letra com um formato de perguntas e respostas. As perguntas questionam sobre supostos crimes como agressão, estelionato, desvio de recursos públicos e até homicídio. As respostas no jingle invariavelmente acusam o candidato Paulo Barreto e seus familiares. Nos trechos mais leves, o jingle acusa o candidato de supostamente de calote em um financiamento de um banco e de ter dado uma cadeirada em um morador da cidade, o Jessé da Ambulância. O candidato petista nega as acusações.