América Latina e Caribe superam um milhão de mortes por covid-19

·2 minuto de leitura
1 milhão de mortos pela covid-19 na América Latina e no Caribe

Mais de um milhão de mortes por covid-19 foram oficialmente registradas desde o início da pandemia na América Latina e no Caribe, uma das poucas regiões onde as cifras estão em ascensão, segundo contagem da AFP às 18h05 desta sexta-feira, horário de Brasília (21h05 GMT).

No total, foram registrados 1.001.404 óbitos na região, dos 31.586.075 de casos detectados. Quase 90% das mortes reportadas se distribuem em cinco países que representam 70% da população regional: Brasil (446.309 falecimentos), México (221.080), Colômbia (83.233), Argentina (73.391) e Peru (67.253).

O Brasil continua sendo o país com mais mortes diárias no continente, com uma média de quase 2.000 por dia nesta semana.

Esse número, porém, caiu em mais de um terço em seis semanas, depois de ultrapassar 3.000 mortes diárias na primeira quinzena de abril, a maior alta no país desde o início da pandemia.

O México, segundo país mais afetado do continente, viveu um declínio ainda mais acentuado nas infecções nos últimos meses, com uma média de 170 mortes por dia atualmente, em comparação com mais de 1.300 no fim de janeiro.

Por outro lado, os números atingem níveis sem precedentes na Colômbia (500 mortes por dia, +4% em uma semana) e na Argentina (490, +15%), enquanto aumentam consideravelmente em países menos populosos como o Equador (85, +37%) e a Bolívia (53, +44%).

A região como um todo, que inclui 33 países e territórios, registra uma média de quase 3.900 mortes diárias nos últimos sete dias, o que representa um aumento de 1% em relação à semana anterior. As infecções, por sua vez, aumentaram para uma média de 142.000 ao dia, o que constitui um aumento de 10% em uma semana.

Desde que o vírus foi detectado em dezembro de 2019 na China, a América Latina e o Caribe é, de acordo com balanços oficiais, a segunda região mais afetada do mundo, atrás da Europa (1.119.433 mortes) e na frente dos Estados Unidos e Canadá (614.248 mortes).

A quantidade de óbitos registrados na região representa pouco menos de 30% das 3,44 milhões de mortes por covid-19 notificadas em todo o mundo.

bur-ll/mps/mvv/ic/am