Amal Clooney diz que o filho, Alexander, desenhou uma prisão e afirmou: 'Putin deveria estar aqui'

Advogada especializada em direito internacional e direitos humanos, Amal Clooney, mulher do ator George Clooney, falou sobre a relação dos seus filhos, os gêmeos Ella e Alexander, de 5 anos, com a política.

Durante um evento em Nova York ao lado de Michelle Obama e Melinda Gates, ela revelou que o pequeno a surpreendeu com um desenho. “Meu filho fez um desenho outro dia de uma prisão e disse: 'Putin deveria estar aqui'”, acrescentando que está atualmente “trabalhando em assuntos ucranianos”.

As informações são do New York Post.

Amal, que credita seus filhos por serem a “verdadeira força motriz” por trás de seu trabalho com a Clooney Foundation for Justice, disse que é apenas uma questão de tempo até que seus filhos comecem a entender o que está acontecendo na política.

"Acho que em alguns anos, quando começarem a aprender sobre algumas dessas questões sobre as quais estamos falando e o que está acontecendo no mundo”, continuou ela.