Amaldiçoado? Os Novos Mutantes, filme de terror dos X-Men, sofre com seguidos adiamentos

Imagem de divulgação de Os Novos Mutantes: elenco envelheceu desde as gravações

Os Novos Mutantes, filme de terror dos X-Men, ganhou uma nova possível data de estreia nos cinemas dos Estados Unidos: 28 de agosto. Apesar da informação ter status de oficial, trata-se apenas de mais um capítulo de uma história repleta com adiamentos, incerteza, pandemia e, segundo alguns fãs, até mesmo uma maldição envolvendo o projeto.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Google News

Para se ter uma ideia, o longa foi todo filmado em 2017 e seria originalmente lançado em 13 de abril de 2018. A equipe de pós-produção precisou de mais um tempo e adiou a estreia em 10 meses, passando a prometer o projeto para 22 de fevereiro de 2019. Bem, não foi tempo suficiente.

Leia também

O filme teve ainda outras datas de lançamento oficiais, 02 de agosto de 2019 e 02 abril de 2020, antes de chegar ao 28 de agosto, a quinta prometida. Para piorar a situação, com a pandemia provocada pelo novo coronavírus, ninguém garante que os cinemas serão reabertos até lá nos Estados Unidos - ou seja, um novo adiamento é bem possível.

Um dos motivos para tanta postergação é que o filme foi inicialmente idealizado pela Fox. Como a empresa foi comprada pela Disney, a equipe de produção acabou uma nova chefia - que, segundo reportagem da Variety, não se demonstrou muito impressionada com a qualidade do projeto. Analise as imagens você mesmo com o trailer abaixo:

Com um calendário de lançamentos bem apertado e sem confiar tanto no filme, a Casa do Mickey não viu alternativas a não ser empurrar o projeto para a frente seguidas vezes. Muita gente aposta que, com os cinemas fechados, o filme será lançado no Disney+, serviço de streaming que chega ao Brasil neste ano. Mas tratam-se apenas de especulações.

Maldição

Com tanta incerteza, alguns fãs da Marvel brincam que Os Novos Mutantes estão amaldiçoados e nunca serão vistos numa sala de cinema. A produção seria o primeiro filme dos X-Men no Universo Cinematográfico Marvel e ainda tinha a promessa de virar uma trilogia, algo que parece cada vez menos provável.

Com tantos adiamentos, não há sequer a possibilidade de refilmar algumas cenas e aperfeiçoar o projeto, pois o elenco adolescente, estrelado por Anya Taylor-Joy (A Bruxa) Charlie Heaton (Stranger Things) e Maisie Williams, a Arya Stark de Game of Thrones, hoje se tornou adulto, como explicou o diretor Josh Boone, de A Culpa é das Estrelas, ao site Collider.

"Na edição, provavelmente estávamos 75% concluídos", explica Boone. “Voltamos e terminamos. Demorou alguns meses e foi bom poder voltar. Knate [Lee], meu co-escritor e eu, não o víamos há um ano. Fizemos várias coisas aqui e ali que não tínhamos pensado ou notado um ano antes", falou ainda o cineasta, garantindo que o filme está pronto.

O longa, aliás, conta com os brasileiros Alice Braga e Henry Zaga no elenco. Como problema pouco é bobagem, ambos foram criticados pelos fãs da Marvel: a personagem de Alice, a doutora Cecilia Reyes, é negra e porto-riquenha nos quadrinhos, enquanto Roberto da Costa, o mutante brasileiro vivido por Henry, tem a pele mais escura que a dele. Se isso não é maldição, o que seria?

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube e aproveite para se logar e deixar aqui abaixo o seu comentário.