Amanda Seyfried lamenta ter andado sem calcinha em set: "Queria manter meu emprego"

Amanda Seyfried no evento Emmy FYC
Amanda Seyfried no evento Emmy FYC "Clips & Conversation" para promover a série "The Dropout" em El Capitan Theatre no dia 12 de junho 2022 em Los Angeles, Califórnia. (Foto: Axelle/Bauer-Griffin/FilmMagic)

A atriz Amanda Seyfried revelou que gostaria de ter tido coordenadores de intimidade nos sets de filmagens quando era adolescente. Indicada ao Emmy por “The Dropout”, a artista relatou que já ficou desconfortável em frente às câmeras, mas nunca reclamou porque queria manter o emprego.

Em entrevista à revista Porter, Seyfried relatou que "gostaria que estivesse começando agora, em uma era em que os coordenadores de intimidade são uma exigência no set e os atores estão em melhor posição para falar”. A atriz conta que passou “bastante ilesa” em seus primeiros dias como atriz em Hollywood, mas se arrepende de ter se submetido a situações por medo de perder papéis.

“Tendo 19 anos, andando sem calcinha – tipo, você está brincando comigo? Como deixei isso acontecer?”, declarou Seyfried. “Ah, eu sei porque: eu tinha 19 anos e não queria chatear ninguém e queria manter meu emprego. É por isso".

A declaração chega logo após o ator Sean Bean, ator de "Game of Thrones" e "O Senhor dos Anéis", gerar polêmica ao dizer que as cenas de sexo perdem a espontaneidade por conta da presença dos supervisores. Em entrevista à "Variety", ele afirmou que a situação é “arruinada por alguém que a transforma em um exercício técnico”: "Muitas vezes, o seu melhor trabalho, aquele em que você tenta desafiar os limites e que é naturalmente experimental, é censurado pelas produtoras ou pelos anunciantes".

O coordenador é o funcionário responsável por garantir que os atores estejam confortáveis nas cenas de sexo. Ele ajuda artistas a desenvolverem a química entre seus personagens, mas sua principal função é garantir que todos tenham seus limites respeitados durante as gravações dos momentos íntimos.

Vários atores se manifestaram contrários ao comentário de Bean, incluindo Lena Hall, com quem ele contracenou em “Snowpiercer”. “Se eu me sentir confortável com meu parceiro de cena e com outras pessoas na sala, não precisarei de um coordenador de intimidade”, publicou Hall no Twitter. “MAS se houver alguma parte de mim que esteja se sentindo estranha, nojenta, superexposta etc… ou desafiarei a necessidade da cena ou vou querer um IC [coordenador de intimidade]”.