Amazônia tem maior número de focos de calor no mês de junho dos últimos 14 anos

RIO — O mês de junho teve o maior número de focos de calor registrados na Amazônia desde 2007, comparado com o mesmo mês nos anos anteriores, segundo dados do Instituto Nacional de Pesquisa Espaciais (Inpe), divulgados pelo Greenpeace Brasil.

Os satélites mostram que foram identificados 2.308 focos de incêndio em junho deste ano. O número representa um aumento de 2,6% em relação ao mesmo período em 2020, quando já havia sido batido o recorde histórico.

A matéria será atualizada com mais informações.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos