Amazon compra empresa de serviços de saúde One Medical por US$3,49 bi

Por Manas Mishra e Jeffrey Dastin

BENGALURU, Índia (Reuters) - A Amazon.com anunciou nesta quinta-feira a compra da empresa norte-americana de serviços de saúde One Medical por 3,49 bilhões de dólares, adicionando consultórios físicos de médicos ao seu negócio no setor.

A transação, toda em dinheiro, ilustra as ambições da Amazon no mercado de saúde após ter feito testes com consultas online usando seus funcionários em Seattle em 2019, antes de oferecer serviços para outras empresas e cidades sob a marca Amazon Care.

A companhia também comprou a drogaria online Pill Pack em 2018 e tem parceria com a Teladoc Health para conectar médicos aos serviços da assistente digital Alexa. A One Medical tem clientes como Airbnb e Google.

"Acreditamos que saúde está na lista de experiências que precisam ser reinventadas", disse Neil Lindsay, vice-presidente sênior da Amazon Health Services.

A One Medical, que oferece tanto serviços de telemedicina quanto opções para consultas presenciais, tem mais de 125 consultórios médicos nos EUA. Criada em São Francisco, em 2007, ela tem entre os sócios atuais o Carlyle, que pagou 350 milhões de dólares por uma fatia minoritária em 2018 e que agora está vendendo sua fatia como parte do negócio com a Amazon.

A Amazon aceitou pagar 18 dólares por ação da One Medical, o que representa um prêmio de 76,8% sobre o preço de fechamento do papel na véspera.

A Amazon já tinha uma parceria com a Care Medical, focada nos usuários do serviço Amazon Care, que permite a visita de médicos às casas de clientes em algumas regiões.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos