Amazon compra fabricante de robô aspirador Roomba por US$ 1,65 bilhão

A Amazon vai comprar a IRobot, fabricante do robô aspirador Roomba, por US$ 1,65 bilhão, em mais uma investida da varejista on-line em devices conectados para serviços domésticos.

Os robôs aspiradores ganharam impulso entre os consumidores americanos e viraram uma febre no Brasil na pandemia. Mas, como todos os produtos que brilharam no confinamento da Covid, o Roomba viu as vendas desacelerarem nos últimos meses. Na semana passada, a IRobot divulgou receitas de US$ 255,4 milhões no segundo trimestre, abaixo da previsão dos analistas, que era de US$ 301 milhões.

Fast food: Entenda por que os árabes do Mubadala querem comprar o Burger King no Brasil

Semafor: Jorge Paulo Lemann é um dos investidores de novo site de notícias nos EUA

A compra da IRobot será em dinheiro, e a Amazon vai pagar um prêmio de 22% em relação ao valor das ações da empresa no mercado americano.

“Ao longo dos anos, a iRobot mostrou sua habilidade de reinventar a maneira como as pessoas limpam suas casas com produtos práticos e inovadores”, diz Dave Limp, vice-presidente da Amazon Devices, em nota.

Colin Angle, diretor-presidente da iRobot, afirma que a Amazon é o lugar certo para a empresa continuar a criar novos produtos e avançar em inovações que facilitem limpeza de ambientes. Ele vai continuar no cargo após o fechamento da operação.

Fórmula recuperada: Cerveja de 400 anos é recriada no Equador com 'ressurreição' de levedura encontrada em fungo

A 'guerra' do robô aspirador: iRobot, fabricante do Roomba, tenta barrar rival SharkNinja do mercado americano

O software de voz Alexa e o auto-falante inteligente Echo estão no centro da estratégia da Amazon para crescer em devices conectados. Clientes já podem usar a Alexa para controlar os robôs aspiradores da Roomba.

Um porta-voz da Amazon informou que a empresa não tem planos de suspender o uso de outros assistentes de voz para os clientes da IRobot. Além da Alexa, os donos do Roomba podem controlar seus robôs aspiradores com os programas de rivais da Amazon, como Apple e Google.

Com o Roomba, a Amazon ganha uma marca famosa em limpeza doméstica. No ano passado, a varejista lançou o Astro, um robô para auxiliar nos cuidados com a casa, com alertas para evitar acidentes domésticos (como, por exemplo, quando seu dono esquece o fogão ligado) ou dispositivos para ajudar pessoas idosas.

Produtos digitais: Nike compra fabricante de tênis virtual em mais um passo para conquistar espaço no metaverso

Vendido por cerca de US$ 1.450, o Astro, porém, não emplacou entre os consumidores, mostrando como o caminho da empresa para crescer em gadgets domésticos pode ser longo.

Após o anúncio da compra, as ações da IRobot chegaram a subir 20%, enquanto os papéis da Amazon operavam em ligeira queda, de 1%.

A IRobot será a quarta maior compra já feita pela Amazon, atrás da Whole Foods (varejista de alimentos frescos, comprada por US$ 13,7 bilhões em 2017), os estúdios MGM (US$ 8,5 bilhões, em março deste ano) e a rede de clínicas médicas 1LifeHealthcare, comprada no mês passado por US$ 3,49 bilhões.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos