Amazon pode estar interessada em comprar EA Games, dona do jogo FIFA

Venda da EA Games é discutida desde a primeira metade do ano (Jakub Porzycki/NurPhoto via Getty Images)
Venda da EA Games é discutida desde a primeira metade do ano

(Jakub Porzycki/NurPhoto via Getty Images)

  • Amazon pode estar interessada em comprar EA Games, dona de franquias como Skate e FIFA;

  • Fontes ouvidas pelo USA Today apontam que oferta será anunciada ainda hoje (26);

  • Especialistas da CNBC discordam.

Rumores apontam que a Amazon pode estar interessada em expandir seu portfólio para o universo dos games. Segundo informações compartilhadas pelo USA Today, a gigante está prestes a fazer uma oferta de compra para a EA Games, dona de franquias como Apex Legends, Skate e FIFA, jogo que passará a se chamar EA Sports FC.

O valor da aquisição não foi divulgado, mas a proposta deve ser anunciada ainda nesta sexta-feira (26), de acordo com as fontes ouvidas pelo jornal. Entretanto, especialistas da CNBC, que fazem parte de um grupo que discutiu a compra da EA, discordam. "Não vai acontecer hoje. É o que eu sei. A menos que as pessoas envolvidas anteriormente não tenham ideia [sobre a negociação]”.

As especulações e o furor iniciais provocados pela notícia tiveram um impacto positivo nas ações da EA Games, que subiram cerca de 6%. Entretanto, nem a empresa, nem a Amazon se pronunciaram até o momento.

Esta não é a primeira vez que se discute a venda da dona de grandes franquias do mundo gamer. As conversas sobre o tema começaram na primeira metade do ano e, em maio, publicações apontaram que a companhia estava interessada em se unir a gigantes como Disney e Amazon.

A aquisição, conforme apontado pelo TecMundo, seria uma aposta interessante por parte do e-commerce. A Amazon poderia ganhar impulso no mercado de games e emplacar no setor, depois de ter fracassado com o lançamento de alguns jogos próprios e a estreia morna do serviço de streaming Luna. Além disso, representaria uma oportunidade interessante para o Prime Video, já que daria mais espaço para adaptações de jogos em séries.