Amazon pode vender NFTs no futuro, diz CEO da empresa

·1 min de leitura
Segundo o CEO da Amazon, Andy Jessy, a companhia pode vender NFTs no futuro. Foto: Mateusz Slodkowski/SOPA Images/LightRocket via Getty Images.
Segundo o CEO da Amazon, Andy Jessy, a companhia pode vender NFTs no futuro. Foto: Mateusz Slodkowski/SOPA Images/LightRocket via Getty Images.
  • O CEO da Amazon, Andy Jessy, disse em entrevista na última quinta-feira (14) que a companhia pode vender NFTs no futuro;

  • Quanto à possibilidade de criptomoedas fazerem parte do sistema de pagamentos da Amazon, Jessy alegou que não há nada planejado atualmente;

  • Em 2021, a companhia de varejo eletrônico já havia sinalizado interesse no setor ao procurar um especialista.

O diretor executivo da companhia de varejo eletrônico Amazon, Andy Jessy, disse em entrevista na última quinta-feira (14) para o canal de TV norte-americano CNBC que não possui bitcoins ou tokens não-fungíveis (NFTs, na tradução do inglês). Contudo, o CEO demonstrou otimismo sobre o setor.

Leia também:

Quanto à possibilidade de criptomoedas fazerem parte do sistema de pagamentos da Amazon, Jessy alegou que não há nada planejado atualmente.

“Provavelmente não estamos perto de adicionar criptomoedas como um mecanismo de pagamento em nosso negócio de varejo, mas acredito que com o tempo você verá as criptomoedas se tornarem maiores”, disse ele.

Contudo, em 2021, a companhia de varejo eletrônico já havia sinalizado algum interesse no setor ao procurar um especialista em moeda digital e blockchain para agregar à equipe e ajudar na “estratégia e roteiro de produtos”.

Na entrevista, o CEO disse esperar que os NFTs “continuem a crescer de forma significativa”, e alegou que conseguiria imaginar um futuro em que a Amazon vendesse tokens. “Acho que é possível”, concluiu Jessy.

*As informações são do CNBC.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos