Amazon Prime aumenta mensalidade e dá adeus aos R$ 9,90

Amazon Prime
Clientes que assinarem o plano anual até dia 19 de maio ainda conseguem garantir a anuidade de R$ 89

(Getty Images)

  • Amazon Prime aumenta mensalidade de R$ 9,90 para R$ 14,90;

  • Plano anual sairá de R$ 89 para R$ 119;

  • Reajuste vale a partir de 20 de maio para novos clientes e a partir de 24 de junho para os membros.

Quem celebrava o preço do combo de benefícios oferecido pelo Amazon Prime terá que dar adeus aos tempos em que era possível ter acesso a tudo por menos de dez reais. Nesta terça-feira (3), a empresa anunciou que aumentará a mensalidade de seu programa de R$ 9,90 para R$ 14,90.

O plano anual também sofrerá um reajuste. O cliente que antes pagava R$ 89 para ter acesso ao serviço de streaming de filmes, séries, música, frete grátis em produtos, descontos exclusivos e outras opções de entretenimento passará a desembolsar R$ 119 por ano.

O aumento passa a valer a partir do dia 20 de maio para todos os novos membros que se tornarem Prime a partir da data. Para aqueles que já assinam o serviço, os preços incidem a partir de 24 de junho, na data da próxima renovação da assinatura mensal ou anual.

Há, no entanto, uma última chance de agarrar o preço antigo. A Amazon revelou que os novos clientes que assinarem o plano anual – ou aqueles que possuem o mensal e trocarem pelo anual – até o dia 19 de maio poderão garantir a anuidade de R$ 89.

Por que o Amazon Prime vai aumentar?

Segundo a empresa, o reajuste é necessário para acompanhar os investimentos feitos no programa, que permitem a expansão de benefícios aos clientes, como aumento da disponibilidade dos fretes rápidos no Brasil e ampliação do catálogo de serviços. Um dos exemplos é a produção de uma nova série de Senhor dos Anéis.

"Reforçamos o compromisso de continuar trazendo novidades, melhorar o programa e apresentar novas maneiras de tornar a vida dos membros ainda melhor", comunicou a empresa, conforme divulgado pelo TecMundo.

Com os investimentos, houve um aumento nos custos operacionais. Além disso, a Amazon reforça que não reajusta os preços desde 2019, ano em que o Amazon Prime foi lançado no Brasil.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos