Amazon se lança no mercado das teleconferências para empresas

Nos três primeiros meses do ano, o lucro líquido da empresa subiu 41%, a US$ 724 milhões, e seu volume de negócios aumentou 23%, a US$ 35,7 bilhões

A Amazon apresentou nesta terça-feira uma nova ferramenta de mensagem e teleconferência dirigida a empresas, que surge como possível concorrência dos serviços oferecidos pela Cisco (WebEx, Spark) e pela Microsoft (Skype for Business).

A Amazon Chime se apresenta como "um serviço de comunicação unificada" para realizar áudio e videoconferências, conversar através de mensagens instantâneas e compartilhar documentos", diz o comunicado da companhia.

O serviço faz parte das ofertas da AWS, a filial de serviços na "nuvem" para empresas, que tem garantido o crescimento e os lucros da Amazon nos últimos trimestres.

A Amazon promete comunicações "de qualidade muito alta", uma utilização simples e sobretudo um custo estimado de apenas "um terço" das soluções usadas tradicionalmente nas empresas.

Após um período de teste de 30 dias, uma versão básica gratuita do Chime estará disponível para download em Windows e Mac, assim como para smartphones e tablets com plataformas iOS e Android.