Amazon vai lançar serviço de entregas para concorrer com FedEx

(Arquivo) Foto mostra funcionário da Amazon.com em Tracy, nos Estados Unidos, em 20 de janeiro de 2015

A Amazon lançará, nas próximas semanas, seu próprio serviço de entregas, que vai concorrer com grupos como FedEx, UPS, DHL ou Chronopost, informou o Wall Street Journal nesta sexta-feira (9).

Chamado "Shipping with Amazon" (entrega com a Amazon) ou SWA, o serviço estará inicialmente disponível em Los Angeles, mas a gigante da distribuição planeja expandir para outras cidades ao longo do ano.

No primeiro momento, será proposto a terceiros, especialmente comerciantes que vendem seus artigos e produtos na Amazon.com, a quem o grupo de Jeff Bezos oferecerá a possibilidade de recolher seus pacotes e entregá-los diretamente aos destinatários, de acordo com o jornal americano, que cita fontes anônimas.

Mais tarde, a Amazon tentará capturar empresas de fora do seu próprio ambientes, e, para seduzi-las, planeja oferecer taxas muito mais baixas que as aplicadas por FedEx e UPS.

Segundo o Wall Street Journal, este serviço já foi testado em Londres.

"Tentamos inovar e testar, pelos clientes e para as empresas que vendem (...) na Amazon, modos de entrega rápida e de baixo custo", disse um porta-voz à AFP sem negar ou confirmar a informação do jornal.

A Amazon vem trabalhando em sigilo há meses para lançar seu próprio serviço de logística e transporte e, assim, concorrer com a UPS e a FedEx. A empresa já possui armazéns, caminhões de entrega em algumas cidades e suas próprias aeronaves, que integram seu serviço de entrega rápida "Prime".

Vários especialistas estimam que a empresa de comércio eletrônico economizaria muito se tivesse seu próprio serviço de entrega e não precisasse passar pelos intermediários FedEx e UPS.