Amber Heard vai recorrer da decisão do júri em caso contra Johnny Depp

Condenada a pagar US$ 10 milhões a Johnny Depp, Amber Heard vai recorrer da decisão desfavorável no processo que envolve difamação, relatos de abusos e violência doméstica. A informação foi confirmada pela advogada da atriz, Elaine Bredehoft, em entrevista ao "NBC's Today", programa dos Estados Unidos.

"Amber tem motivos excelentes para recorrer. Ela foi demonizada. Várias coisas foram permitidas nesse tribunal, que jamais poderiam ter ocorrido, o que deixou o júri confuso", disse a advogada.

Como forma de embasar os argumentos, Elaine citou um processo no Reino Unido em que a corte decidiu contra Johnny Depp. Na época, o ator tinha processado o jornal "The Sun", que se referiu a ele como "espancador de esposas".

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos